Tecnologia nas indústrias: quais são os benefícios?

Quais são os impactos do Big Data nas indústrias e como utilizá-lo?
20 de outubro de 2020

Hoje, vivenciamos uma verdadeira revolução digital no mundo. Com o avanço da tecnologia nas indústrias, a cada dia surgem diversas novidades em produtos e serviços. Quando acreditamos que não pode aparecer nada mais inovador, somos sempre surpreendidos com sistemas e softwares ainda mais avançados.

Sendo assim, praticamente todas as empresas estão utilizando ferramentas que contribuem diretamente para a melhoria da qualidade e gestão dos empreendimentos brasileiros.

A tecnologia nas indústrias é uma realidade e não há mais como fugir disso. Por isso, no artigo de hoje, vamos mostrar como as ferramentas tecnológicas podem auxiliar nos processos de manufatura. Confira!

Tecnologia nas indústrias: a importância de atualizar os processos produtivos

Mesmo já tendo se acostumado com o surgimento de novidades tecnológicas no nosso dia a dia, muitas empresas e indústrias ainda vivem um paradigma ultrapassado quando se trata de tecnologia. Por isso, a falta da utilização da tecnologia em processos de manufatura ainda é um dos grandes causadores da baixa produtividade. 

No entanto, com um mercado cada vez mais concorrido, torna-se imprescindível deixar os processos manufaturados mais ágeis e eficientes. A rapidez em determinados procedimentos também é exigida pela maioria dos clientes. À medida que a tecnologia evolui, os processos de atendimento, fornecimento de informações e outras ações que são direcionadas a um cliente precisam ser mais ágeis.

Entretanto, por “tornar os processos mais ágeis”, não podemos permitir que a qualidade dos produtos caia na mesma proporção, devendo mantê-la simultaneamente enquanto o processo de manufatura é otimizado. Assim, a tecnologia se torna uma grande aliada no aprimoramento e ampliação dos negócios, capaz de remover o contraste que existe entre agilidade e qualidade.

Ao adotar novas ferramentas tecnológicas nesses processos de manufatura, uma indústria pode substituir alguns procedimentos manuais ou gerenciar melhor a divisão de trabalho. Assim, é possível aumentar a eficiência dos seus colaboradores, garantindo que a qualidade dos produtos não seja afetada.

No contexto atual, engana-se o empresário que pensa que esse tipo de tecnologia está restrita a grandes indústrias. Médias e pequenas empresas têm acesso a soluções tecnológicas capazes de otimizar o trabalho diário. Hoje em dia, as ferramentas tecnológicas estão acessíveis a diversos tipos de negócio.

Com isso em mente, convidamos você a entender melhor quais são os principais benefícios da tecnologia nas indústrias. Acompanhe!

Tecnologia nas indústrias: benefícios e vantagens

No tópico anterior, destacamos que a tecnologia está acessível a um grande número de empresas espalhadas pelo Brasil, tanto empreendimentos maiores quanto pequenos e médios.

Enquanto as grandes indústrias já usufruem das vantagens de adotar ferramentas tecnológicas, muitas pequenas e médias empresas ainda relutam em se adaptar. Para mudar esse cenário, a seguir exploramos os principais benefícios para pequenas e médias empresas em adotar ferramentas tecnológicas nos processos produtivos. 

Redução de custos

O principal problema de muitas pequenas e médias empresas é que, com o objetivo de reduzir custos, elas acabam investindo em tecnologia somente quando percebem que os processos antigos não são mais capazes de suprir as necessidades da produção.

Esse tipo de prática é um grande erro, pois, em muitos casos, o custo de manutenção ao longo dos anos revela-se maior que os gastos de aquisição de novas ferramentas tecnológicas. Nesse sentido, observamos que processos antigos estão ficando mais caros, comparados às ferramentas tecnológicas mais avançadas.

Sendo assim, as portas estão cada vez mais abertas para a chegada de todas as novidades tecnológicas criadas, bem como aquelas que ainda estão na fase de concepção ou testes.

É importante que você esteja preparado, pois, quando essas tecnologias chegarem às empresas, a invasão será imediata e não terá mais como correr delas. Afinal, os benefícios que elas podem proporcionar acabam compensando os seus possíveis custos.

Gestão otimizada

Até o momento, destacamos a importância da tecnologia nas indústrias tendo como referência o “chão de fábrica”. Entretanto, não é somente esse segmento da empresa que é beneficiado.

A gestão administrativa do negócio também é otimizada e facilitada com a aquisição de novas tecnologias. Isso se deve ao fato de que elas são capazes de centralizar todas as informações geradas na empresa, bem como fornecer relatórios e análises precisas. Esses dados são cruciais para embasar a tomada de decisões gerenciais importantes para o crescimento e sucesso da empresa.

Com a adoção de ferramentas tecnológicas muitos processos podem ser otimizados, como gestão de estoque, transporte, negociação com fornecedores etc. Então, naturalmente, a tecnologia acaba por tornar a gestão mais profissional e menos propensa a erros.

Automatização de processos

Outra grande vantagem se dá nos processos que podem ser automatizados, possibilitando redução ainda maior de custos e mais tempo para gestores e administradores cuidarem da produção da empresa. Além disso, a automatização libera os funcionários para outras tarefas importantes, como: relacionamento com clientes e fornecedores, gestão de funcionários etc.

A automação de atividades ainda elimina diversos erros que podem causar retrabalho e desperdício de tempo e de recursos. De forma geral, ela tem potencial para tornar todos os processos de gestão mais eficientes, gerando uma grande economia de dinheiro no médio e no longo prazo.

As ferramentas tecnológicas mais utilizadas na gestão das empresas são os famosos ERPs. Tratam-se de sistemas altamente tecnológicos que são capazes de integrar diversos departamentos na empresa.

Integração

A automatização de processos por si já seria um avanço interessante, com diversos benefícios para as indústrias. Mas o fato de que os sistemas e softwares utilizados promovem a integração dos processos e informações torna a automatização ainda mais desejável em qualquer empreendimento.

Para entender o porquê, basta pensar em como a centralização de informações de diferentes setores em um único canal pode facilitar e melhorar o trabalho dos funcionários. Hoje, nenhum setor de um empreendimento funciona de forma totalmente autônoma. O trabalho do setor de contabilidade depende do setor de vendas, que depende do marketing, que depende do RH, etc.

Assim, quando há a integração de informações via um sistema de gestão ou software, o resultado é uma maior fluidez do trabalho na rotina da indústria.

Previsibilidade

Como mencionamos, o uso de ferramentas tecnológicas e softwares de automação gera inúmeros dados e informações úteis para a gestão de um negócio. Essas informações podem ser levantadas para embasar decisões, garantindo que o negócio vai fazer as escolhas e investimentos certos.

Outra vantagem importante diretamente ligada à tecnologia é a previsibilidade que as informações dão para a gestão dos negócios. Com o monitoramento de dados importantes, fica mais fácil acompanhar quais são as tendências do mercado e o que se pode esperar no futuro.

Desse modo, a gestão da empresa tem mais tempo e margem de manobra para se preparar para um aumento na demanda de um certo produto ou para uma redução na sua procura. Portanto, são fatores que podem ter grande influência nos resultados e no sucesso da empresa no médio e longo prazo.

Acompanhamento das inovações

Ao contar com o apoio de tecnologias na indústria, seu empreendimento estará sempre em dia com as novidades que surgirem no contexto do seu negócio. Portanto, quanto mais atualizada a tecnologia de uma empresa, melhor ela vai se adaptar às novidades do futuro. Assim, ficará mais fácil se adequar e aproveitar os principais benefícios que essas ferramentas podem proporcionar.

Muitas correntes de pesquisadores em tecnologia para indústrias defendem que estamos passando por uma nova revolução industrial. Ela é frequentemente chamada de indústria 4.0 e, basicamente, consiste em um salto de qualidade nos processos industriais que só se tornou possível com o surgimento e popularização de tecnologias como a internet, computação em nuvem, Big Data, modelagem 3D, etc.

Por isso, ao adotar inovações na produção, seu empreendimento estará mais próximo de se adequar ao emergente conceito da indústria 4.0, que vamos explorar melhor no próximo tópico.

Indústria 4.0: conceito e aplicação

A Indústria 4.0 é um processo que compreende a aplicação das principais novidades tecnológicas e processos modernos ligados à manufatura e industrialização. A base desse conceito está relacionada à atuação e conexão entre maquinários, processos manuais e sistemas tecnológicos inteligentes no processo produtivo.

Pode parecer que essa realidade está muito distante do mercado de manufatura brasileiro, entretanto, como já mencionamos neste artigo, esses elementos estão ficando mais acessíveis. À medida que os anos vão passando, novas ferramentas surgem e aumentam a necessidade de as empresas as obterem. Assim, é inevitável que elas fiquem mais acessíveis ao maior número de empresas possível.

Há quem diga que a indústria 4.0 é a maior mudança que essa atividade sofreu depois da última revolução industrial, ocorrida por volta do século XIX, em que os processos industriais e manufaturados passaram por significativas alterações e foram se intensificando até chegar ao ponto em que vivenciamos na atualidade.

Nesse contexto, o conceito da indústria 4.0 é uma realidade em muitos setores. Ela vem agregando ferramentas tecnológicas para aumentar a integração e o monitoramento de processos, construindo uma base de dados completa que pode ser utilizada em toda a cadeia produtiva, otimizando todo o processo, desde a aquisição de matérias-primas até a venda dos produtos.

Com isso, podemos concluir que a tecnologia nas indústrias está mudando completamente as metodologias de trabalho antigas e obsoletas, que já não são mais capazes de suprir as necessidades do mercado. Sendo assim, você não pode ficar de fora!

Assim, todos os diagnósticos apontam para um caminho sem volta: a tecnologia nas indústrias será o divisor de águas entre as empresas que podem continuar crescendo e as que devem perder espaço no mercado nos próximos anos.

Se você chegou até aqui e entendeu a importância de investir em tecnologia nas indústrias, não deixe de assinar nossa newsletter para se manter sempre atualizado sobre as principais novidades da indústria 4.0 e seu impacto no mercado!