Conheça os benefícios do ERP para a logística

manufatura-inteligente-entenda-agora-mesmo-o-que-e-esse-conceito
Manufatura inteligente: entenda esse conceito
30 de maio de 2019
Sabe como um ERP pode ajudar a gerenciar compras?
17 de junho de 2019

Nos últimos anos, o uso do ERP para logística tem se disseminado no mercado. Essa ferramenta, que pode ser integrada a vários setores, auxilia as rotinas de entrega a terem mais automação, serem movidas a dados e a conseguirem entregar mais resultados com menor necessidade de matéria-prima.

Esses pontos, em conjunto, contribuem para a empresa ser mais eficiente e alinhada com as demandas do mercado. Com um processo de compras de alta qualidade, o negócio conseguirá ficar a frente da concorrência e evitar a perda de espaço de mercado.

Quer saber mais sobre o tema e como a integração de um ERP para logística pode gerar melhores resultados? Então, leia agora o nosso post a seguir!

O que é um ERP?

Enterprise Resource Planing, ou Sistema de Gestão Integrada, é um software utilizado para o gerenciamento de várias rotinas administrativas. Com ele, o gestor consegue acesso, no mesmo local, a dados de vendas, nível dos estoques, indicadores de performance e possíveis sinais de atrasos e gargalos na cadeia operacional.

Essa aplicação permite, com tais registros, dar as bases para que a companhia possa ter alto nível de performance. Os fluxos operacionais serão mais otimizados e integrados, evitando conflitos e erros na troca de informações. Assim, a companhia conseguirá gerar mais vendas com o apoio de um planejamento inteligente e alinhado com as demandas de parceiros comerciais e clientes.

Como o ERP pode melhorar as rotinas de logística do negócio?

O uso do ERP para logística corporativa tem um impacto direto nos resultados da empresa. Afinal de contas, a companhia conseguirá aumentar o nível de digitalização das rotinas relacionadas à entrega e ao manejo de mercadorias. Veja abaixo alguns dos ganhos que existem com o uso dessa solução de TI!

Maior controle de estoque

O ERP para logística permite que os setores avaliem, em tempo real, o estado do estoque. Dessa forma, será mais fácil identificar produtos com baixa saída, os que precisam de reposição e aqueles que devem ser realocados para evitar prejuízos. Além disso, a companhia terá mais agilidade por conseguir encontrar as mercadorias com mais facilidade e precisão.

Gerenciamento centralizado de processos

No ERP, a empresa pode gerenciar todos os processos de modo centralizado. Isso permite ao gestor tomar decisões rápidas, se adaptar facilmente a mudanças sem dificuldades e a distribuir demandas para todos em poucos passos. Assim, o time terá uma rotina sem gargalos e com baixo nível de atraso.

Possibilidade de integrar a análise de dados ao dia a dia da empresa

A análise de dados tem um papel estratégico no mercado atual. Mas para que ela possa gerar os impactos prometidos, a empresa deve ter dados de qualidade e atualizados. O uso do ERP para logística permite isso, uma vez que o gestor terá um meio unificado para manter as suas informações acessíveis para processos que envolvam o BI e o Big Data.

Redução de problemas de performance

Se há mais integração na equipe, os problemas de performance se tornam menos frequentes. A área de logística terá mais facilidade para identificar que produtos devem ser entregues, quais os prazos para cada mercadoria e como as práticas utilizadas afetam os resultados do negócio. Dessa forma, gargalos e erros serão muito menos frequentes, o que leva a um ambiente de alto nível de produtividade.

Como escolher um ERP alinhado com as suas demandas?

Escolher um ERP é um processo complexo. A empresa deve estar preparada para avaliar diferentes soluções e, com isso, identificar o que se alinha mais com as suas necessidades. Além disso, é fundamental que o gestor conheça os objetivos internos, garantindo, assim, que o investimento tenha um bom custo-benefício.

Veja abaixo alguns pontos a serem considerados antes de investir no ERP!

Saiba que demandas a empresa tem

Conhecer como o setor de logística funciona e quais são as demandas internas é um dos passos básicos para investir no ERP. Esse dado permite que o gestor verifique quais são as funcionalidades críticas para o software e como ele será integrado ao dia a dia da empresa. Dessa forma, o gestor deixará de investir em uma aplicação que não tenha a capacidade de entregar os resultados esperados.

Conheça o perfil do desenvolvedor do sistema

Também é importante saber o perfil de quem desenvolve o sistema. Avalie como o suporte é estruturado, os mecanismos de segurança utilizados pela empresa e a experiência da companhia no seu ramo. Isso facilitará a escolha de um ERP mais alinhado com os seus problemas e objetivos.

Não ignore a segurança de dados

O ERP para logística lidará com dados críticos da empresa e de terceiros. Portanto, ele deverá ter bons mecanismos para garantir que os times possam utilizar a solução no seu dia a dia sem comprometerem a sua privacidade.

Avalie, portanto, se o software está adaptado para leis locais, se há bons mecanismos de controle de acesso e monitoramento de uso. Também tenha dados sobre a distribuição de atualizações, uma vez que elas corrigem brechas de segurança e outros problemas que possam levar ao vazamento de dados.

O uso de um sistema de gestão integrada no ambiente corporativo causa impacto em todas as áreas da empresa. Voltado para permitir o gerenciamento de rotinas administrativas de modo centralizado, essa aplicação traz mais qualidade para as atividades de cada setor em que ela é adotada.

Na gestão de compras, ele permite que os profissionais busquem melhores oportunidades de adquirir suprimentos ao gerar dados sobre o histórico de compras do negócio. Já na gestão tributária, ele evita o atraso de pagamentos e multas.

Nesse sentido, utilizar o ERP para logística também traz mais qualidade para as rotinas corporativas. Ele auxiliará o gestor a evitar atrasos, a otimizar a cadeia de entregas e a ter mais agilidade para solucionar problemas.

Portanto, se o seu negócio tem dificuldades com essa área, sempre considere a possibilidade de investir em um sistema de gestão como uma forma de gerar mais performance e inovação para o setor.

Gostou deste post sobre ERP para logística e quer saber também a respeito de como ter uma gestão de estoques realmente eficiente e funcional? Então, baixe agora mesmo o nosso e-book sobre o assunto e conheça as melhores práticas do mercado!