Você sabe a diferença entre SAP e ERP?

Qual o momento ideal para implantar um sistema ERP na sua empresa?
24 de agosto de 2015
O que é o sistema integrado de produção e como implantar
7 de outubro de 2015

Certamente você já conhece as siglas SAP e ERP. O que talvez você não saiba é que muita gente ainda confunde as duas. A diferença é facilmente explicada. Temos a certeza de que, uma vez exposta aqui, essa questão já não será mais alvo de dúvidas. Quer ver?

O que é SAP?

A SAP – Software Applications and Products (aplicativos de softwares e produtos, em tradução livre) – é uma das maiores empresas fornecedoras de sistemas ERP do mundo. A organização foi criada em 1972, em uma cidade chamada Walldorf, na Alemanha, com o nome de Systeme, Anwendungen und Produkte in der Datenverarbeitung.

O que é ERP?

A SAP desenvolveu o conceito original do ERP, que é a sigla para Enterprise Resource Planning (ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial, em português) para que houvesse uma solução única que fosse totalmente integrada e pudesse automatizar todos os processos ligados a uma empresa.

O ERP não é um produto, como muitos acreditam. Ele é uma metodologia e um conjunto de normas sobre aplicativos em uma única arquitetura. Podemos dizer que é um sistema de gestão de negócios, que compreende um conjunto integrado de módulos de software. A principal característica do ERP é que todos os aplicativos compartilham a mesma base de dados, capaz de executar múltiplas funções.

O porquê da confusão

Com tudo devidamente desenvolvido, o sistema ERP começou a ser disseminado pelo mundo já no início da década de 90, através da SAP. E foi esse pioneirismo e grande alcance que causaram todo o engano e acabaram fundindo empresa e o que era fornecido. Mesmo após 25 anos no mercado, as organizações e os usuários ainda acham que o que utilizam é o SAP.

Então, vamos resumir para facilitar: SAP é a empresa que desenvolveu e distribuiu o sistema ERP pelo mundo. Por isso, facilmente encontramos alguém se referindo a ERP como SAP.

Vantagens do ERP

A vantagem de um sistema ERP configura-se na necessidade da entrada de informações de uma só vez, na integração dos dados das organizações e na disponibilização desse material em tempo real. E, acredite: isso faz toda a diferença. O sistema ERP pode ser utilizado por diferentes unidades de negócios ou processos, ajudando a gerenciar a empresa como um todo.

Trocando em miúdos, o que se tem é uma organização com um fluxo de dados consistente e que passeia entre as diferentes interfaces do negócio. Em outras palavras é a informação certa, para a pessoa correta e no momento oportuno.

Ao adotar um sistema ERP, a empresa começa a trabalhar com informações únicas reduzindo, ou até mesmo eliminando, retrabalhos que aparecem por causa de alguns conflitos de informações vindas de outros sistemas. Os sistemas ERP são desenvolvidos também para responder de forma instantânea ao surgimento de novas necessidades não previstas.

Atualmente, no Brasil, o ERP é um sistema bem conhecido e bastante utilizado. Ele já está largamente instalado em grandes empresas e vem sendo absorvido por empresas de médio e pequeno porte, pois o seu custo já está bastante amortizado.

Mas lembre-se: escolher o sistema ERP ideal para sua organização inclui analisar as exigências do seu negócio e que tipo de recursos técnicos você terá junto às melhorias de suporte e produto.

Agora conte-nos: sua empresa já possui o ERP? O que mudou depois de ter implantado o sistema?