Você está preparado para a transformação digital?

Hiperconectividade: como ela ainda vai transformar os negócios
10 de março de 2016
4 benefícios da gestão integrada em tempos de declarações fiscais
22 de março de 2016
transformacao-digital

A transformação digital — e como ela é vista na prática — é um dos assuntos mais em alta do momento. De fato, podemos estabelecer esse conceito como o conjunto de métodos bruscos aos quais as organizações precisam se adequar para satisfazer as necessidades da tecnologia atual.

É muito comum vermos CEOs que alegam estar envolvidos com os objetivos da era digital mas, quando analisamos a situação de maneira criteriosa, percebemos que isso é mais estratégia de marketing digital do que realidade. Com os produtos cada vez mais ligados à tecnologia — alcançando transformação de processos, permitindo novas estruturas e formas de interação entre funcionários e clientes —, qual a importância disso para o negócio atual e quais medidas precisam ser tomadas? Continue a leitura e descubra!

A adaptação à nova realidade

Competidores surgem em momentos inesperados. Softwares já substituíram muitas atividades realizadas manualmente, e tudo está em constante evolução. A indústria musical, por exemplo, evoluiu dos discos para MP3, para os downloads e, finalmente, para o streaming de áudio. Aplicativos de comunicação, mídias sociais e mensagens instantâneas mudaram a forma de interação entre as pessoas.

Uma questão que podemos levantar, e que serve para todos os ramos, é “quem não se atualiza, fica para trás”. É importante que os gestores e empresas se adaptem a essa realidade, se quiserem permanecer no mercado e garantir a oferta de produtos novos e de qualidade.

A tecnologia impulsiona, mas a transformação digital acontece quando inserida dentro das estratégias e planos de negócio — deixando de ser algo isolado, um mero projeto de TI, ao se tornar decisiva para o futuro da empresa. É imprescindível pensar digitalmente, reavaliar a habilitação dos técnicos e gestores e reavaliar o papel da área de TI.

A necessidade de transformação

Hoje, a maior parte das transações realizadas pelos setores industriais é feita pela internet. A nossa sociedade está claramente habituada a utilizar a web e os aplicativos em sua rotina, nas mais variadas atividades — desde mandar fotos para a família até fazer operações financeiras.

Portanto, é preciso que o TI se torne um setor inovador e menos operacional — ideias deverão ser impulsionadoras para que haja mudanças nos moldes empresariais. A cautela e a coragem devem andar juntas para um resultado satisfatório, para um “padrão” atual mais abrangente em termos de melhoria e inovação. Para isso, os CEOs devem começar a discutir e a inserir a transformação digital em seus negócios.

A abrangência da mudança

A transformação digital não é simplesmente uma mudança do marketing tradicional para o digital. É algo mais complexo, que engloba e modifica a empresa como um todo e, sendo assim, deve ser liderada pelo CEO — com a força dos executivos ao seu lado, alcançando condições de manusear todo o processo.

Todos os setores econômicos, financeiros, de transporte, de agricultura e tantos outros são, cada vez mais, afetados pela tecnologia. Assim, a empresa se transforma, e essas ondas tecnológicas constroem fluidez e eficiência para uma nova realidade.

E então, pronto para embarcar na transformação digital? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e entre para a conversa!