Como reduzir custos nos processos logísticos de uma PME

importação empresas
Importação para pessoa jurídica: saiba como evitar os principais problemas!
23 de outubro de 2018
Cresceu, e agora? Veja práticas para o crescimento da empresa
30 de outubro de 2018

Em meio a um cenário de crise e constantes flutuações na economia, as pequenas e médias empresas (PMEs) veem cada vez mais a necessidade de otimizar e reduzir custos com processos logísticos, para se manterem ativas e competitivas nos seus mercados de atuação.

Ainda que não seja a atividade principal do negócio, é importante que se tenha eficiência para garantir bons resultados e corte de gastos. Quer descobrir a importância de otimizar os processos logísticos e como aplicar os conceitos no dia a dia organizacional? Continue a leitura e saiba mais detalhes!

Saber o cenário atual em que a empresa se encontra

Antes de efetuar qualquer mudança, é imprescindível conhecer a situação do empreendimento, para então começar a projetar mudanças futuras. Portanto, busque compreender como estão o andamento dos processos internos e a produtividade, para começar a pensar em novas metodologias que sejam efetivas.

As diretrizes para o corte de custos devem seguir algumas condições, para que proporcionem resultados efetivos. São elas:

  • realismo: as medidas adotadas por gestores e donos de negócio devem ser passíveis de serem colocadas em prática. Ações que não se enquadram à companhia ou ao segmento de mercado em que se atua estão fadadas ao fracasso;
  • eficiência: os resultados esperados devem ser superiores aos investimentos. Do contrário, o saldo fica negativo, o que coloca a saúde financeira da empresa em risco;
  • sustentabilidade: as medidas a serem adotadas devem gerar efeitos positivos sobre os resultados futuros, tanto no aspecto financeiro como na satisfação dos clientes.

Para realizar cada etapa com êxito, faça primeiramente a análise e mapeamento de todas as tarefas, identificando suas vulnerabilidades e gargalos. Dessa forma, pode-se definir corretamente as metas para a otimização dos processos logísticos.

Promover estratégias de armazenamento, movimentação e transporte

A efetividade na tomada de decisão exige uma padronização dentro das empresas, a fim de garantir a sua integridade, prevenindo perdas e desvios ao melhorar o controle de custos em cada uma das etapas.

Aprimorar a gestão de processos logísticos é algo que sempre interfere positivamente no caixa corporativo. No entanto, de nada adianta apostar em boas estratégias sem investir em soluções práticas que melhorem os processos de estocagem de produtos, sua movimentação e transporte.

As embalagens, por exemplo, são responsáveis pela integridade de seu conteúdo ao longo do armazenamento e transporte. Por isso, ao ignorar esse item, gera-se o efeito oposto: mais produtos são danificados e perdidos com maior facilidade, por causa de pequenos acidentes, quedas e até mesmo variação da temperatura.

Para otimizar a logística, faz-se necessário um planejamento claro da estruturação de cada etapa:

  • defina um modelo para os contratos com fornecedores;
  • elabore procedimentos adequados para a solicitação de pedidos;
  • verifique o estoque e movimentação dos produtos;
  • acompanhe o envio das mercadorias para o cliente final.

Fazer uma boa gestão de estoque

Um ponto crítico da logística das empresas é o estoque. Entretanto, um gerenciamento ruim pode acarretar prejuízos, seja pela escassez de mercadorias com maior demanda, seja pelo excesso de produtos armazenados, aumentando os custos com conservação e a perda de itens.

Uma das melhores alternativas para contornar esse problema é com a ajuda da tecnologia para fazer o controle de recursos. Assim, pode-se controlar tudo o que entra e o que sai — considerando fatores como disponibilidade, validade e rodagem — e integrar informações, contribuindo para reduzir custos de maneira eficaz.

Apostar em um sistema de gestão como SAP para redução de custos em processos logísticos

Embora o corte de gastos seja necessário para o negócio, gestores e empreendedores não devem colocar em xeque a qualidade de sua logística. Uma maneira bastante eficaz de fazer isso é com o auxílio de um software de gestão integrada (SAP).

Isso é possível porque essa tecnologia consegue organizar e integrar equipes e rotinas de trabalho em um único sistema, elevando a interação entre todos os setores da empresa ao permitir acesso em tempo real por parte de todos os envolvidos.

3 vantagens de um sistema de gestão na logística

1. Automação de processos e operações

Trabalhos executados manualmente e de forma desordenada apresentam baixa eficácia. Afinal, eles demandam maior tempo para serem realizados, elevando as chances de erros e inconsistências.

Nesse cenário, a automação das operações e processos permite que as atividades sejam realizadas com maior organização, elevando a produtividade de gestores e suas equipes, o que representa melhores resultados para o negócio.

2. Gestão de estoque para evitar perdas

Com a adoção de um sistema ERP, há uma redução significativa do estoque. Dessa forma, evita-se perdas e custos com o armazenamento de produtos excedentes que ficam parados, além do prejuízo pela perda por validade e por danos.

Além disso, o software de gestão ajuda a otimizar o abastecimento, que será realizado em maior quantidade para mercadorias com grande demanda e na redução da estocagem de itens que não vendem. Outro benefício é que as empresas podem operar com força total, sem a necessidade de fazerem paradas ou atrasarem a produção devido à ausência de matéria-prima e outros insumos.

3. Otimização do processo de vendas

Essa é a atividade responsável pela maior receita do empreendimento, e envolve custos que podem ser reduzidos com o uso da tecnologia. Com o SAP, o contato é personalizado de acordo com o perfil de cada cliente. Outro ponto positivo é a melhora na sincronia entre as atividades de vendas e o estoque. Na prática, isso significa que é possível verificar as condições e disponibilidade dos produtos, evitando-se o risco de negociar mercadorias que estejam em falta ou danificadas.

Com um banco de dados rico em informações dos consumidores e seus perfis, a equipe de marketing consegue elaborar estratégias de venda mais específicas, elevando as chances de fechar novos contratos e até mesmo oferecer novas soluções, de acordo com as necessidades de seu público-alvo, gerando maior diferencial competitivo para a empresa.

Para aprimorar os processos logísticos e se manter inovadora no mercado, a organização deve avaliar periodicamente seu desempenho, assim como a satisfação do cliente. O ideal é manter uma visão ampla e realista do negócio, sem medo de apostar na inovação para garantir a excelência dos serviços prestados, sem a ocorrência de custos desnecessários.

Nosso artigo sobre a redução de custos nos processos logísticos foi útil para você? Gostaria de ter acesso a novos conteúdos relevantes relacionados ao tema? Então, curta a nossa página no Facebook para se manter sempre bem informado!