Informações e Contatos

  • Av. Antonio Carlos Comitre, 525 - 8° Andar - Ed. Crystal Plaza
    Campolim - Sorocaba/SP - Brasil
  • contato@uppertools.com.br
  • +55 (15) 3519-3535
  • +55 (15) 98174-1763

Siga a gente

Blog

Qualificação de fornecedores: quais são os critérios mais importantes

A qualificação de fornecedores é o processo para verificar se os procedimentos das empresas abastecedoras da gestão de produção industrial estão de acordo com os regulamentos e atendem as necessidades da organização contratante.

Uma ação essencial na indústria, pois ajuda a estabelecer um benchmark (análise de concorrentes) e um plano de ação corretivo para lidar com a gestão de supply chain. Por exemplo, é possível identificar se o fornecedor tem a qualidade no atendimento, entrega, além de compliance com as leis e regulamentos.

 

Por que uma indústria deve realizar a qualificação de fornecedores?

Hoje, muitas etapas da cadeia de suprimentos e distribuição são terceirizadas, o que significa que estão fora do controle direto da gestão de produção industrial que, ainda assim, continua responsável ​​quando se trata de conformidade e garantia de qualidade. 

Um elemento crucial para ter uma boa avaliação de fornecedores é a gestão de resíduos, pois as empresas abastecedoras devem trabalhar alinhadas e em busca das melhores alternativas, conforme a Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei nº 12.305/2010.

Além disso, fatores como reclamações, recalls, desperdício e retrabalho levam a perdas, multas e danos à reputação da marca. 

Portanto, a qualificação de fornecedores é crucial para ter uma gestão de produção industrial assertiva em todos os aspectos, como prazo, técnica, logística, preço, entrega, produção e qualidade de gestão técnica e de serviços. 

 

As principais práticas de avaliação de fornecedores na gestão de produção industrial

Veja as melhores práticas de qualificação para ajudar as empresas a supervisionar e garantir um nível consistente de qualidade em toda a sua cadeia de suprimentos.

 

1 – Manter o registro das certificações ISO

Os fornecedores são considerados uma extensão das indústrias. Isso significa que todos eles precisam ser avaliados, auditados e monitorados. Uma prática recomendada para gerenciamento de fornecedores é manter um registro do certificado da Organização Internacional para Padronização (ISO) do fornecedor em arquivo.

 

2 – Entender os processos de qualidade do fornecedor

O método de qualificação de fornecedores tem várias fases, incluindo o aprendizado sobre a operação da empresa e os procedimentos de qualidade. A revisão desses elementos é essencial para obter informações importantes sobre os processos de qualidade e políticas operacionais da empresa abastecedora.

 

3 – Usar questionários de fornecedores

Os questionários de fornecedores podem ajudar a estabelecer transparência em toda a cadeia de suprimentos. Isso é útil para criar um plano de controle de risco e determinar os métodos de inspeção específicos a serem empregados para cada provedor, como mapeamento da matéria-prima, inspeção de produtos recebidos, entre outros. 

 

4 – Coletar dados de desempenho do fornecedor

O famoso scorecard ajuda a rastrear e avaliar a qualidade, o desempenho e a conformidade das empresas fornecedoras. A manutenção de todos esses dados ajuda a acompanhar os processos, identificar inconsistências com os sistemas das abastecedoras e encontrar soluções para problemas de produção, antes que eles impactem em perdas. 

 

5 – Criar um sistema central 

A auditoria de fornecedores envolve a centralização de recursos para supervisionar os esforços de empresas abastecedoras específicas. A fim de estabelecer quais devem ser auditadas, é preciso criar uma matriz de fornecedores exclusiva para cada peça comprada. Esta prática disponibiliza uma ferramenta para focar nos processos específicos que devem ser validados e em quais organizações.

 

Critérios importantes para qualificar fornecedores na gestão de produção industrial

O objetivo da avaliação de fornecedores na gestão de produção industrial é garantir que as empresas abastecedoras forneçam bens ou serviços que atendam consistentemente aos padrões de qualidade da organização.

O ponto-chave aqui, então, é a consistência. Como cliente dos fornecedores, as empresas devem exigir eficiência e qualidade. Portanto, confira 5 critérios importantes para qualificar um fornecedor de forma assertiva e eficaz:

 

1 – Verifique as certificações

Conformidade, datas de validade de certificações, renovações. Verificar certificações específicas de fornecedores é crucial para ter uma gestão de produção eficiente e em conformidade. 

 

2 – Avaliar o clima geopolítico

Embora os fornecedores estrangeiros possam oferecer preços baixíssimos, é importante investigar e analisar sua situação no contexto geopolítico e os possíveis problemas no segmento de produção e venda.

 

3 – Negociar os locais de fabricação e expedição 

Normalmente, os requisitos de envio e os custos diferem, de acordo com os locais oferecidos pelo fornecedor. Por isso, é importante negociar preços e alinhar os locais de fabricação e expedição às necessidades da organização.

 

4 – Buscar empresa experiente no produto e público-alvo

Um fornecedor estará mais familiarizado com problemas comuns de qualidade se tiver experiência na fabricação ou distribuição de um produto similar. Isso ajuda a identificar e corrigir problemas antes de eles afetarem os negócios. 

 

5 – Verifique a saúde financeira do fornecedor

A empresa abastecedora ideal deve estar em boa saúde financeira. Isso ocorre porque os fornecedores com caixa positivo estão em posição de resistir aos altos e baixos do cenário econômico.

 

Como uma solução de ERP ajuda a qualificar fornecedores?

A combinação de gestão de produção industrial e um ERP (sistema integrado de gestão empresarial) oferece diversas vantagens, tanto para elevar os negócios quanto para otimizar a operação.

Toda administração de empresa tem de aprender a evoluir e se adaptar às regras e regulamentos em constante mudança para sobreviver, pois o objetivo final é atender as demandas do cliente da forma mais eficiente e prática possível.

Neste sentido, contar com um bom sistema ERP agrega mais agilidade, eficiência e otimização ao gerenciamento de supply chain, desde o processo de aquisição de materiais, fabricação de produtos até a entrega ao cliente e faturamento.

Portanto, os recursos do ERP são essenciais para ter uma qualificação de fornecedores assertiva e elevar a gestão de produção industrial e supply chain. 

 

Como a Uppertools pode ajudar? 

A Uppertools dispõe de recursos para atender as necessidades de gestão de suprimentos e produção industrial, fornecendo uma solução de software de planejamento de recursos empresariais (ERP) totalmente integrada para a indústria de manufatura.

Somos especialistas em soluções ERP de alta qualidade e contamos com profissionais capacitados para entender e auxiliar todas as demandas das indústrias. Parceira da SAP no Brasil,  fornecemos o SAP Business One.

O SAP B1 é uma ferramenta com a capacidade de mapear todos os processos das empresas e gerenciar centenas de fórmulas e seus derivados, garantindo qualidade e habilidade superior à gestão de cadeia de suprimentos e avaliação de fornecedores.

Seja para acabar com processos complexos, acompanhar a regulamentação ou simplesmente eliminar a imensa quantidade de planilhas, o SAP B1 é a chave para otimizar sua gestão de produção industrial.

Conheça mais sobre a Uppertools e o SAP Business One e descubra como ter eficiência e precisão na sua operação.