Informações e Contatos

  • Av. Antonio Carlos Comitre, 525 - 8° Andar - Ed. Crystal Plaza
    Campolim - Sorocaba/SP - Brasil
  • contato@uppertools.com.br
  • +55 (15) 3519-3535
  • +55 (15) 98174-1763

Siga a gente

Blog

Qual a diferença prática entre ERP E CRM?

Para os especialistas, o ERP (Enterprise Resource Planning) e o CRM (Customer Relationship Management) ocupam os dois lados de uma mesma moeda. Isso porque esses sistemas são semelhantes em muitos aspectos, e podem ser usados para aumentar a rentabilidade de uma empresa. Contudo, como as suas principais funcionalidades são completamente diferentes, é melhor para um gestor olhar para eles como sistemas autônomos separados. Assim, fica mais fácil ver como cada um desempenha o seu papel para melhorar a eficiência e aumentar as vendas da organização. Vamos conhecer essas diferenças? Continue lendo:

O que é ERP?

O ERP é um sistema que visa melhorar a eficiência dos processos de negócio, reunindo e padronizando informações que podem ser compartilhadas rapidamente em todos os departamentos da empresa. Ele permite que os gestores se concentrem nos dados, em vez das operações, e fornece um método extremamente eficaz para simplificar os processos de negócios. E quando surgem problemas em qualquer área da organização, o software cria alertas em outros setores, permitindo que eles se planejem para contorna-los.

O que é CRM?

Enquanto o ERP foca no negócio, o CRM centra-se no cliente. Basicamente, eles é um sistema que registra e armazena todas as informações relacionadas às interações com clientes. Um sistema CRM fornece um método padronizado de coleta e partilha de dados de consumidores, catalogando suas interações com a empresa. Uma vez padronizados, os dados podem ser facilmente compartilhados em todos os departamentos da empresa.

Ele pode ser utilizado por gestores para criar projeções de vendas, por funcionários para verificar endereços de entrega, por revendedores para manter contato com os clientes e pelo departamento de cobrança para gerar faturas. Em suma, todas as informações coletadas podem ajudar a empresa e melhorar a retenção de consumidores, tornar mais eficiente o seu relacionamento com eles e, assim, aumentar as vendas.

No que eles diferem?

Embora semelhantes em questões de eficiência, os sistemas ERP e CRM utilizam abordagens distintas para aumentar os lucros da empresa. O primeiro foca na redução da sobrecarga de informações e dos custos e torna os processos de negócio mais eficientes. Já o segundo trabalha para aumentar os lucros através da captação de dados sobre os clientes e na produção de um maior volume de vendas. E com um repositório padronizado, é muito mais fácil melhorar as relações com o público e torna-lo fiel à marca.

Qual deles é o mais importante?

Determinar qual sistema é mais importante é como decidir entre ter um motor ou um volante num automóvel. O CRM é o motor que impulsiona o negócio, melhorando as vendas e alavancando os lucros. Já o ERP é o volante, que guia a empresa com precisão e a orienta sobre os obstáculos com antecedência. Ao trabalharem juntos, podem ajudar a empresa a reduzir custos e aumentar os lucros de maneira simplificada.

Como podem maximizar o crescimento do negócio?

Para aumentar seu capital, a empresa precisa de menos despesas e mais vendas. Ao usar os sistemas ERP e CRM, ela poderá percorrer esses dois caminhos simultaneamente. O ERP reduz as despesas operacionais totais, enquanto o CRM traz mais receitas através de um maior número de vendas. Juntos, eles podem ajudar o negócio a crescer rapidamente. E mesmo que sejam utilizados separadamente, eles ainda são úteis, mas isso poderia limitar potencialmente a expansão da empresa.

Entendeu as diferenças entre esses dois sistemas? Caso ainda tenha ficado com algum dúvida, basta escreve-la nos comentários!