Informações e Contatos

  • Av. Antonio Carlos Comitre, 525 - 8° Andar - Ed. Crystal Plaza
    Campolim - Sorocaba/SP - Brasil
  • contato@uppertools.com.br
  • +55 (15) 3519-3535
  • +55 (15) 98174-1763

Siga a gente

Blog

Onde a oferta de nuvem da SAP se divide para PMEs e grandes empresas?

Com o novo posicionamento de mercado, a SAP quer ser reconhecida como uma provedora de serviços na nuvem. Para isso, todo o portfólio da companhia foi migrado para cloud computing, e o SAP Hana foi colocado como base de todas as soluções, visando aceleração de processos.

Tendo dito isso, a dúvida é: como a SAP observa o nível de maturidade das pequenas, médias e grandes empresas em relação à adoção desse novo modelo de negócios, e como as oportunidades serão tratadas?

Kevin Gilroy, vice-presidente sênior de vendas indiretas da SAP, afirma que com soluções e ferramentas rodando na nuvem, as PMEs conseguem competir de frente em vários níveis de negócios, até mesmo contra grandes corporações, uma vez que a capacidade computacional e toda a infraestrutura é contratada pela internet. Até ai, em tese, todas as soluções cabem a todos os níveis de companhias.

Porém, a maturidade é o ponto de inflexão. Levando em consideração o atual cenário das empresas, as grandes organizações, por contarem com mais processos e unidades de negócios, podem ver mais produtividade em levar para a nuvem pública o CRM e as soluções de RH, por exemplo, enquanto rodam on-premise o core do ERP. “Ou talvez numa nuvem privada”, pontua.

Já os negócios nas pequenas e médias empresas, conforme começam a crescer, já contar com o ERP na nuvem, seja Business One ou On Demand, é o início da profissionalização dos processos. “Essas PMEs podem até usar de forma intensa soluções para análises, o que traria grande diferenciação para os rumos da companhia, mas vemos que a contratação de soluções do gênero ainda é para questões pontuais”, explica.

Dessa forma, os canais que atendem às PMEs têm oportunidades em levar essas empresas para a nuvem e, a partir daí, montar um portfólio de atendimento gerenciado na nuvem em diversas outras áreas, diz. Nas grandes, a migração dos modelos de negócio para levar simplificação de processos se torna essencial neste momento.

Segundo Robert Ensli, presidente da operações globais para clientes da SAP e membro do conselho da companhia, após as aquisições das empresas e as migrações das soluções, hoje são 30 milhões de usuários rodando aplicações na nuvem da SAP. “As empresas precisam definir um modelo de negócios para ser bem-sucedidas. Big data, cloud computing e mobilidade mudaram a forma de interagir com o mundo, e isso é uma verdade para qualquer tipo de organização”, ressalta. “A ordem, em todas as indústrias e empresas, é sair do transacional e ir para análises. Cloud computing está ai para propor a melhor forma de fazer esse movimento.”

Fonte: http://crn.itweb.com.br/44751/onde-a-oferta-de-nuvem-da-sap-se-divide-para-pmes-e-grandes-empresas/