O que é um sistema MRP e por que minha empresa deve utilizá-lo?

Você pode até não dar muito valor à gestão de estoque, mas ela é essencial para que as empresas alcancem bons resultados. Você já sabe como verificar as mercadorias disponíveis com bastante precisão? Uma boa estratégia é investir no sistema MRP (Manufacturing Resource Planning).

O software possibilita calcular a demanda por matéria-prima com base na produção e no nível do estoque. Afinal, a imagem de uma empresa fica prejudicada quando uma mercadoria, por falta de itens para fabricá-la, não chega ao consumidor no prazo estabelecido.

Ao adotar essa ferramenta, as possibilidades de passar por esse problema são praticamente eliminadas. Se você está interessado em conhecer melhor esse sistema e os benefícios proporcionados por ele, a dica é ler esse post com atenção. Confira!

Saiba como funciona o MRP

Para acompanhar o estoque e diminuir as despesas, o MRP faz o controle do inventário e da produção. Isso só é viável quando esse software está integrado ao Departamento de Vendas, o que permite fazer uma previsão dos pedidos e verificar a necessidade de adquirir matéria-prima.

O sistema é recomendado para empresas que utilizam componentes cuja demanda é bastante instável. Para apresentar um bom desempenho, a ferramenta deve apresentar dados sobre o calendário de produção e outros fatores que influenciam na rotina da companhia, como:

  • estoque mínimo: visa manter um número mínimo de matéria-prima ou produtos no estoque para evitar problemas na fabricação e na distribuição;
  • estoque máximo: é a capacidade total de um estoque de receber um determinado item ou mercadoria;
  • estrutura do produto: lista a quantidade de materiais que fazem parte de um produto;
  • lote de fabricação: envolve a quantidade de fabricação de um item para manter o estoque em um bom nível;
  • lote de reposição: é responsável por determinar a quantidade de componentes que devem ser adquiridos para evitar despesas desnecessárias e economizar recursos financeiros;
  • tempo de reposição: período de tempo que abrange a realização do pedido até o recebimento do item;
  • tempo de fabricação: período que engloba o começo e o fim da produção de mercadorias.

Conheça as vantagens do sistema MRP

Você já percebeu que esse software é um recurso valioso para melhorar a gestão do estoque, certo? Afinal, ele permite avaliar a demanda e planejar os investimentos em matéria-prima com foco na saúde financeira do negócio.

Para analisar como o Manufacturing Resource Planning pode ser útil para a sua empresa, confira 6 benefícios proporcionados por ele:

1. Automatizar a produção

Com informações em tempo real, é possível controlar a chegada dos materiais. Isso impacta na produção pois permite a elaboração de cronogramas detalhados dos itens que devem ser fabricados.

Ou seja, a empresa terá uma noção exata da quantidade de mercadorias que estão sendo produzidas. Além de gerar mais velocidade e eficiência, a medida faz com que a organização trabalhe de acordo com a demanda e esteja mais preparada para enfrentar as oscilações do mercado.

2. Melhorar a qualidade dos processos

Nenhuma empresa sobrevive sem ter processos devidamente estruturados. A necessidade de cortar custos e a alta concorrência fazem com que o aperfeiçoamento constante seja uma obrigação.

O MRP é importante para auxiliar na implementação de processos relacionados à produção de mercadorias. Um dos motivos disso é que ele permite o cadastramento de novos produtos de forma rápida e prática, coletando imagens e descrevendo as principais características.

Esses dados contribuem para estruturar a produção de itens e melhorar a gestão dos estoques, utilizando os espaços para armazenamento de forma mais racional.

3. Produzir de maneira mais estratégica

Ficar avaliando se a quantidade de materiais supre as necessidades da demanda é uma tarefa bastante complicada caso seja feita com base somente na experiência dos gestores. Não se trata de subestimar a capacidade dos funcionários, mas é preciso ter dados concretos para evitar erros.

Imagine que uma empresa pretende dobrar a produção de camisetas em um determinado ano, mas não estima corretamente a quantidade de matéria-prima necessária. Com o Manufacturing Resource Planning será bem mais fácil dimensionar os itens que devem ser comprados.

Você não precisará se preocupar tanto com a falta de materiais, poderá acompanhar a produção com tranquilidade e terá mais tempo para se dedicar à estratégia de vendas — essencial para a expansão de qualquer negócio.

4. Reduzir custos

À medida que uma empresa tem condições de estimar corretamente a quantidade de itens necessários para manter os serviços, mais fácil será combater o desperdício. Afinal, comprar matéria-prima sem necessidade é um erro que pode ser facilmente evitado desde que a organização tenha um software MRP.

Ao contar com uma ferramenta que propicia cálculos relacionados à produção, a companhia também terá maiores possibilidades de negociar com os fornecedores valores e condições de pagamento mais favoráveis — o que contribui para cortar gastos.

Outra vantagem é diminuir os custos com estocagem e movimentação de mercadorias. Afinal, a empresa vai armazenar itens e comercializar os produtos de acordo com a demanda do mercado.

5. Dinamizar a gestão da equipe

Com um sistema moderno e eficiente, os controles manuais dos processos de produção se tornam desnecessários. Ou seja, a equipe pode ser mais bem utilizada para verificar a qualidade das mercadorias oferecidas ao público-alvo.

A medida permite distribuir melhor as atividades entre a equipe, fazendo com que os colaboradores tenham uma dimensão exata de suas responsabilidades. Isso ajuda a tornar os funcionários mais produtivos e eficientes.

Além disso, contribui para melhorar o ambiente de trabalho. Quando as tarefas são devidamente distribuídas, dificilmente haverá conflitos entre os colaboradores por causa das atribuições de cada setor.

6. Aperfeiçoar os serviços e o atendimento ao cliente

Evitar atrasos na entrega por falta de materiais, planejar a produção com antecedência e estimar com precisão a necessidade de manutenção dos equipamentos são ações fundamentais para que uma empresa melhore a qualidade dos serviços oferecidos.

Dessa forma, é viável prestar um melhor atendimento ao público-alvo. Qualquer consumidor fica satisfeito quando recebe um produto de qualidade e é informado sobre a chegada da mercadoria de maneira correta.

Se você quer conquistar mais clientes, melhorar os processos internos e evitar o desperdício, uma excelente medida é investir em um sistema MRP.

Para ficar mais antenado sobre as tendências do mundo corporativo, curta agora mesmo a nossa página no Facebook e seja sempre um dos primeiros a ler os nossos conteúdos!

Add a Comment