Entenda o que é o método gtd e quais são seus benefícios!

Gestão da qualidade total: entenda mais sobre o assunto
27 de outubro de 2020
Método GTD

O termo “produtividade” está entre os que você, provavelmente, vai ouvir com mais frequência no mundo corporativo. Existe uma razão importante para isso. A palavra diz respeito à capacidade de gerar resultados, e muito do seu trabalho é determinado pela métrica.

Se você tem problemas para produzir bem, talvez o método GTD seja a solução.

Afinal, a experiência de ter várias tarefas para fazer e não conseguir concentração em nenhuma delas pode ser frustrante. Elucidamos o assunto ao longo do texto, revelando como o modelo pode ser útil. Vamos lá?

O que é o método GTD?

Os problemas de produtividade são mais comuns e antigos do que a maior parte das pessoas pensa e foram objetos de estudos. As pesquisas mudaram quando o consultor David Allen levantou a hipótese de que a raiz da improdutividade está nos nossos impulsos mentais. O que isso significa?

Para o autor, o cérebro é mais adequado para o processamento de dados que para o armazenamento. Por isso, o ideal é esvaziar a desordem mental, registrando e organizando as informações. O método GTD, ou Getting Things Done, nasce desse princípio.

A razão é simples. Quando há muitas coisas para fazer, é comum acumular inúmeras informações sobre as tarefas na mente, levando à desordem e incerteza. Você passa a ter dificuldades para decidir em qual prestar atenção.

Como o método GTD funciona?

O método baseia-se na ideia de mind like water, ou mente como água, inspirado pelo estado de consciência limpa promovido pelas artes marciais. A ideia consiste em cinco princípios: capturar, esclarecer, organizar, refletir e engajar.

A captura é a coleta das coisas que cruzam sua mente, anotando em uma lista chamada “caixa de entrada”. Em seguida, o esclarecimento é feito pela transformação da captura em ações claras e concretas.

Na organização, você pode criar listas temáticas e prazos, enquanto a reflexão diz respeito à revisão das listas. Por fim, no engajamento, você começar a, de fato, executar, selecionando as coisas mais importantes.

Quais são os benefícios do método GTD?

O primeiro ponto que chama a atenção no método GTD é a diminuição da frustração. Isso porque acumular inúmeras tarefas na mente é uma experiência estressante e que pode trazer à tona uma sensação de ansiedade.

Se você tem dificuldade para dosar o tempo, o modelo também auxilia a economizá-lo. Ao organizar as tarefas fora de sua mente, você tende a contar com uma percepção mais realista do tempo, selecionando com mais cuidado a quantidade de horas que vai dedicar produzindo.

Gerenciar o tempo, esvaziar a mente e produzir podem ser tarefas difíceis, se você não faz uso dos modelos certos. E o método GTD pinta como uma das ideias mais interessantes para se organizar e tirar os projetos do papel. Se você trabalha com gestão, existem outras ideias que também podem facilitar sua vida. Os relatórios gerenciais, por exemplo, trazem mais poder de gestão e revelam informações sobre faturamento, fluxo de caixa, clientes, e por aí vai.

Quer receber mais dicas exclusivas sobre como gestão, tecnologia e produtividade? Não deixe de assinar nossa newsletter e ficar ainda mais por dentro do assunto!