Como gerenciar o estoque na indústria alimentícia

Planejamento de produção: qual é a sua importância e como elaborá-lo?
7 de janeiro de 2021
A necessidade de reinvenção no setor automotivo
30 de abril de 2021

Ter a gestão do estoque na indústria alimentícia é essencial para o funcionamento da companhia. Afinal, a falta de um item, como a matéria-prima, pode impactar diretamente na fabricação do produto, nas vendas e levar a problemas na operação como um todo.

Mas, além do desafio que envolve o processo de fabricação, o setor também precisa pensar na logística para cada alimento, de acordo com a sua fabricação, tipo de produto e data de validade. Ou seja, esse ciclo precisa ser feito de maneira perfeita.

Para começar, vamos pensar em uma fábrica de dois alimentos consumidos quase que diariamente por todos os brasileiros: arroz e feijão. O processo desse produto começa com a seleção do agricultor responsável, que venderá a colheita para a companhia.

Neste momento, a rastreabilidade já é empregada pela companhia para ter, quando chegar em sua fábrica, a noção de quantidade e de qualidade de cada um dos consumíveis, sendo possível iniciar o planejamento dos próximos passos e pensar sobre como esses produtos serão alocados.

Com a matéria-prima na fábrica, tem início o próximo passo, que é a fabricação do alimento. E, mesmo falando de dois produtos tão comuns, ambos terão manuseios e processos diferentes e, dependendo da empresa, linhas de produtos para cada um.

Com o processo feito, esses produtos serão separados, analisados e contarão com diversas datas de validade. Agora, fica o questionamento: e se o estoque não for vendido? Ou, voltando algumas etapas, e se a matéria-prima for insuficiente para a quantidade encomendada?

 

Como o software de gestão de estoque na indústria alimentícia pode auxiliar nas etapas da produção?

A tecnologia é a resposta para os questionamentos anteriores. Afinal, além de lidar com os processos anteriores à fabricação, a companhia precisa de um perfeito gerenciamento de estoques e integração com todos os departamentos para, assim, garantir o sucesso.

Por isso, é essencial contar com software de gestão empresarial, como o SAP Business One e a suíte de produtos BR One, desenvolvida pela Uppertools e que potencializa ainda mais o SAP B1, garantindo ainda mais agilidade, produtividade e eficiência para a indústria alimentícia. 

Com eles, a companhia tem a certeza que todas as informações dos processos estarão disponíveis em poucos minutos, sendo possível controlar o volume de matéria-prima, operações, datas de validades e o setor financeiro. Com o SAP Business One e BR One, a fábrica também ganha o benefício da rastreabilidade do alimento, desde a origem até o envio para o cliente.

Além disso, com o melhor controle de estoque, graças ao sistema de gestão, a empresa terá a exata noção do volume de compras de cada alimento, sendo possível repensar as estratégias adotadas pela companhia e escolher qual produto merece mais esforço no futuro. Isso se dá pelo fato de o produto ter integração com coletores de dados e dispositivos de pesagem para contagem de inventário.

 

Como a Uppertools pode ajudar a indústria alimentícia? 

Com um time de especialistas pronto para atender e sanar todas as dúvidas pertinentes a esse processo, a Uppertools é a distribuidora no Brasil da SAP Business One, completa ferramenta de gestão para empresas com navegação simples e intuitiva e que traz, além dos benefícios citados anteriormente, todo o apoio e suporte necessário para as organizações.

Entre em contato conosco e veja como podemos auxiliar na gestão financeira da sua empresa.