Qual é o impacto da gestão de estoque para um negócio?

Gestão da manutenção industrial
Gestão da manutenção industrial: 6 vantagens para iniciar agora!
3 de abril de 2020
crescimento sustentável de uma empresa
Como promover o crescimento sustentável de uma empresa? Entenda aqui
14 de abril de 2020
gestão de estoque

A gestão de estoque é uma das atribuições mais importantes dentro de um negócio. É por meio dela que o empresário gerencia os itens que estão armazenados, bem como verifica o custo de aquisição e o controle de cada produto que está estocado.

Entre suas diversas atribuições, a gestão de estoque visa, primordialmente, evitar que sejam feitas compras desnecessárias, bem como deixar faltar produtos para a comercialização ou produção, que podem impactar diretamente no faturamento do negócio.

Esse processo está diretamente ligado com a gestão empresarial, que, a todo momento, precisam andar juntos. Quer saber mais sobre esse processo? Então, acompanhe-nos nesta leitura!

O que é a gestão de estoque?

A gestão de estoque é um processo que tem por objetivo controlar as entradas e saídas de produtos do armazém, comunicando aos gestores a ocorrência da falta de determinados produtos, logo, a necessidade de compra, assim como outros fatores importantes que garantem a segurança dos itens estocados. Ela se baseia em alguns pilares importantes, que são:

  • o inventário, ou seja, o procedimento de levantamento das quantidades e características dos itens estocados;
  • entrada e saída de mercadorias;
  • negociação com fornecedores, que visa sempre a encontrar melhores preços e condições de pagamento e entrega;
  • previsão de demanda, o que evita que a empresa seja pega de surpresa em momentos de alto ou baixo consumo do seu mercado;
  • sistemas para gestão de estoque, fundamentais para gerenciamento de todos os produtos que entram e saem do armazém.

Com base nesses pilares, uma empresa consegue fazer uma boa e eficiente gestão de estoque, evitando perdas e, principalmente, deixando de correr o risco de ficar sem itens necessários para sua produção ou suas vendas.

Quais são os benefícios da gestão de estoque?

Agora que você já sabe o que é a gestão de estoque e quais são seus principais pilares, mostraremos quais são os principais benefícios desse tipo de gestão. Continue lendo!

Garantir melhor atendimento aos clientes

Um dos primeiros benefícios que podem ser conquistados com uma boa gestão de estoque é o melhor atendimento às necessidades dos clientes. Quando você tem os itens para atender a determinadas solicitações dos seus consumidores, é muito comum que eles retornem ao seu estabelecimento para fechar novas compras no futuro.

Por outro lado, quando uma pessoa recebe a informação de que sua loja está com falta de determinados itens, é bem provável que ele jamais volte e passe a comprar em seus concorrentes.

Evitar desperdícios

Uma boa gestão de estoque também evita desperdícios. Esse trabalho objetiva avaliar a segurança de todos os itens estocados e adotar práticas que visem a assegurar que eles estejam livres de agentes deterioradores, como: água, umidade, fogo, entre outros.

Garantir produção e entrega em dia

Não há nada mais desgastante que parar uma produção por conta de não ter os elementos necessários para a confecção de algum produto ou prestação de serviços. Isso pode ser resolvido com um bom processo de gestão de estoque, que controle bem as quantidades e emita os devidos alertas sobre a necessidade de compras de suprimentos.

Não fazer compras desnecessárias

A gestão de estoque também evita que você faça compras desnecessárias em sua empresa. Isso, além de gerar um custo que não seria preciso, também gera o risco de fazer com que esses produtos se percam durante o processo de estocagem.

Como fazer uma boa gestão de estoque?

Agora que você entendeu o que é a gestão de estoque, o impacto que ela tem nas empresas e os benefícios que ela pode proporcionar, mostraremos como você pode fazer isso em seu empreendimento. Continue lendo!

Conte com a ajuda de um estoquista

O primeiro passo é contar com a ajuda de um bom estoquista. Esse profissional é o responsável por adotar todas as medidas que garantirão que seu armazém tenha as quantidades necessárias para suprir todas suas necessidades.

Ele fará a contagem dos itens constantes em estoques, analisará se está faltando algum item fundamental e comunicará ao setor de compra a necessidade da aquisição desses produtos.

Conheça as diferentes metodologias de controle de estoque

Também é fundamental que você conheça as metodologias de controle de estoque. Existem diferentes formas, tais como o PEPS, que nada mais é que o “primeiro que entra é o primeiro que sai”. Essa metodologia é muito interessante para empresas que têm estocados produtos perecíveis ou que precisam sair rapidamente do negócio.

Além disso, temos o custo médio, que pode ser aplicado em vários tipos de negócios, entretanto exige outros tipos de controles adicionais para evitar que determinados itens fiquem armazenados por muito tempo.

Além disso, temos o “último que entra é o primeiro que sai” – UEPS. Essa metodologia de controle de estoque, apesar de ser mencionada por especialistas, não é permitida no Brasil, pois causa alterações incompatíveis com a Legislação do Imposto de Renda em nosso país.

https://promo.uppertools.com.br/ebook_sap_business_one_popup

Busque suporte na tecnologia

Por fim, não há como imaginar uma gestão de estoque que não conte com a ajuda da tecnologia. As ferramentas que existem atualmente são capazes de gerenciar a entrada e saída de produtos, bem como o controle de produtos que estão armazenados.

Antigamente, os controles eram feitos de forma manual e, consequentemente, muito sujeitos a erros de contagem. Com a tecnologia, é possível alimentar os dados do estoque com mais agilidade e assertividade, evitando que você fique sem produtos para suprir as necessidades do seu negócio, além de evitar compras de itens desnecessários que podem deteriorar-se ao ficar muito tempo armazenados.

Como você pode perceber, a gestão de estoque impacta diretamente no seu negócio e pode interferir nas finanças da sua empresa, tanto na questão de compras de produtos quanto na mensuração de custos e faturamento.

Gostou dessas informações que disponibilizamos sobre gestão de estoque? Caso deseje saber como a Uppertools pode ajudá-lo nesse sentido, entre em contato com um de nossos consultores.