Entenda os 4 principais gargalos logísticos no Brasil

Os 7 principais erros em controle de estoque e como evitá-los
14 de novembro de 2018
gestao estrategica
Saiba como tornar a sua gestão estratégica em 7 passos
20 de novembro de 2018

A logística de transportes no Brasil é, por diversos motivos, uma das mais complicadas em todo o mundo. São formados vários gargalos logísticos em todo o processo, que são pontos em que tudo tende a se acumular e atrasar as demais tarefas.

Saber onde a logística no Brasil é falha, é vital para encontrar soluções que permitam o contorno dessas dificuldades. Por isso, trouxemos aqui os 4 principais gargalos logísticos que a maioria das empresas enfrentam e alguns meios de evitá-los. Confira!

1. Qualidade do trânsito e das estradas

No Brasil, o transporte rodoviário é o mais desenvolvido, recebendo mais investimento tanto do poder público quanto da iniciativa privada. Porém, para a logística no Brasil, isso costuma ser um problema. Carros e caminhões são meios de transporte adequados para distâncias mais curtas, mas não como principal meio em um país de dimensões continentais.

De forma geral, é importante buscar alternativas ao transporte rodoviário de grandes distâncias. Carga de lotação em aviões, por exemplo, é uma ótima forma de economizar e ainda obter um transporte mais eficiente.

2. Controle de estoque

Acompanhar de perto tudo que a empresa armazena é muito importante para facilitar os cálculos do orçamento e evitar roubos. Porém, essa parte da logística no Brasil ainda é um pouco problemática, já que certos aspectos de organização não são tão engendrados na cultura popular, que preza mais a espontaneidade.

A forma mais simples de evitar problemas de estoque é utilizar um sistema de gestão e treinar todos os funcionários para utilizá-lo corretamente. Assim, mesmo que ocorra algum erro de registro, será possível determinar exatamente onde ele ocorreu. Isso sem falar na maior facilidade em prestar contas com a justiça em caso de suspeita de ilegalidade.

3. Agendamento de atendimentos e entregas

Gerir uma agenda, apesar de parecer simples, é o tipo de tarefa que exige dedicação total. Especialmente pelo fato de a logística no Brasil exigir que o tempo seja tão otimizado quanto possível. E um agendamento errado pode gerar conflitos de horário, que inevitavelmente causam a perda de uma entrega, prejudicando a satisfação dos clientes.

Mais uma vez, um sistema de gestão pode ser bem útil, já que uma ferramenta de agenda é bem comum. Em alguns casos, é gerado um horário já otimizado pela própria máquina. Porém, ainda é bom adicionar a isso algum treinamento de autogestão, para que nada saia dos trilhos.

4. Integração e diferentes modalidades

Uma dificuldade recorrente na logística no Brasil é a interação entre diferentes meios de transporte. Por exemplo, para uma entrega internacional de avião, primeiro é pego um carro ou caminhão (terrestre) até o aeroporto, onde a carga é transportada de avião (aéreo) até outro aeroporto, para depois ser levada em outro caminhão (terrestre novamente) até seu destino. E é possível que estes três componentes pertençam a empresas de transporte diferentes.

Uma forma de simplificar isso é formar parcerias com determinadas transportadoras. A maioria já faz uma gestão integrada entre si, compartilhando informações sobre o estado da carga pelo sistema. Isso evita reclamações de atrasos e problemas de entrega incorreta, maiores gargalos logísticos.

Agora você entende melhor como evitar problemas de logística no Brasil. Acha que este artigo pode ser útil para outras pessoas? Então compartilhe-o em suas redes sociais e passe esta informação adiante!