Como ser uma das empresas inteligentes e ter vantagem competitiva

Como um software de gestão auxilia na indústria química
13 de abril de 2021
A necessidade de reinvenção no setor automotivo
30 de abril de 2021

Cada vez mais as companhias entendem a necessidade de se desenvolver tecnologicamente para, além de sair na frente da concorrência, ter um melhor gerenciamento de dados e análise de dados para a gestão do negócio.

O mundo está passando por uma intensa transformação tecnológica. Afinal, a conectividade tornou-se essencial para o dia a dia das pessoas e, também, dos negócios. E, com isso, as empresas inteligentes conseguiram se adaptar com mais facilidade à nova realidade imposta pela Covid-19, respondendo bem ao desafio que foi inserido de maneira abrupta.

Além disso, podemos falar que a transformação digital, mesmo se não existisse a pandemia, já era algo que deveria estar na agenda dos executivos. Com os equipamentos portáteis e toda a tecnologia de nuvem, o gerenciamento de
processos e informações não demandam mais de um único espaço físico.

Trazendo uma curiosidade regional, segundo estudo que conversou com 4,3 mil líderes de médias e grandes empresas de 18 países, realizado pela empresa Dell, o Brasil teve 87,5% de empresas que iniciaram ou aceleram a transformação digital, maior que a somatória da taxa global, que foi de 80%.

O que é uma empresa inteligente?

Esse conceito de empresa inteligente é fácil de ser compreendido, porém, conta com uma imensa quantidade de conteúdo. Mas, inicialmente, vamos falar do significado de maneira resumida: essas companhias utilizam a tecnologia totalmente a seu favor, sendo flexível e preparada para todos os desafios necessários, conseguindo se adaptar com facilidade aos desafios que aparecem, como demandas internas dos clientes ou, como falamos no início, de situações em escala global.

E, de acordo com estudo da SAP SE, muitas empresas já entenderam esse conceito e a necessidade de considerarem as tecnologias inteligentes fundamentais para essa transformação digital. Os pesquisadores questionaram 740 executivos e tomadores de decisão de TI em diversos segmentos e tiveram, como resultado, 93% de sinalização para a importância de adoção de fatores como a aprendizagem de máquina, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial (IA), blockchain e realidade aumentada/virtual.

Quais pilares essas empresas têm em comum para gerar resultados-chave?

Quando olhamos para essa imensidão de mais de 90%, podemos, logo de cara, concluir que estamos vendo números de diversos setores. Porém, mesmo com todas as diferenças de negócios, a transformação digital tem impactos em comum com cada uma delas.

Antes de enumerar, é necessário entender internamente as bases nas quais essa grande mudança está apoiada. Afinal, tudo isso afetará não somente a gestão interna, mas, também, a maneira de relacionamento com os colaboradores e clientes.

Com esse conhecimento, começamos falando da gestão de dados e na experiência do seu funcionário ou público. As empresas inteligentes devem manter a correta estruturação dos seus times, seja de RH ou de vendas, para conseguir
uma correta estratégia e análise de dados para gestão do negócio.

Com essa estrutura, é possível oferecer e entender as necessidades e anseios de cada pessoa, otimizando e eliminando as lacunas de experiência. Afinal, com uma abordagem interativa, você se aproxima da compreensão de cada uma delas e, assim, atender à expectativa esperada.

Os exemplos que podemos utilizar são os canais de vendas e o desempenho do colaborador. Se a empresa divulga seu serviço de uma maneira mais próxima ao que está sendo procurado, deixando o cliente com uma experiência satisfatória, as chances de fechar o negócio do produto aumentam e um colaborador satisfeito, que observa que está sendo visto, pode desempenhar a sua função ainda melhor.

Nosso segundo ponto nesta conversa é a inteligência aos processos. Todas as atividades de uma empresa, loja ou fábrica, inicialmente, conta com processos. E são eles que determinam como serão os próximos passos até a finalização. Gerar a inteligência neles nada mais é que identificar os pontos de melhorias operacionais e trabalhar neles. Essas melhorias podem acontecer em diversos aspectos, como tempo de execução, quantidade de profissionais e os tipos de tarefas.

Com a compreensão de todo o negócio, o gestor conseguirá, além de tomar melhores decisões por conta das corretas informações, reduzir os gastos, as falhas em processos e aumentar a produtividade. Tudo isso acontece com o sucesso na implantação, quase que automaticamente.

Com todos esses benefícios, o nosso terceiro ponto, que é a operação, se torna ainda melhor. E aqui falamos dos processos internos e de um melhor fluxo de informação, envolvendo todos os colaboradores e times de trabalho, que são essenciais para o dia a dia.

Como o ERP participa deste processo

Para conseguir alcançar esses objetivos com êxito, é necessário, claro, a tecnologia ao seu lado. E, por isso, contar com um sistema de ERP na sua companhia é a oportunidade para ganhar inovação, melhor gerenciamento de dados e, principalmente, tornar a empresa inteligente.

E, neste trabalho, o SAP Business One é o ERP mais recomendado, já que, em poucos dias, esse aliado auxilia na análise de dados para gestão do negócio, fazendo com que os clientes tenham maior integração em todos os seus processos.

Essa ferramenta, além de ser necessária para tornar as empresas inteligentes, traz uma abordagem de integração holística, que inclui tecnologia e processos de negócios, sempre visando agregar o respectivo valor aos negócios e ajudar as organizações.

Além disso, ao contar com o ERP SAP B1, você potencializa a economia da experiência, já que o compromisso está em apoiar e auxiliar para que as empresas ganhem em sua administração e se tornem relevantes dentro do seu setor. Por isso, como citado anteriormente, temos três componentes essenciais para uma empresa se tornar inteligente: a experiência de dados, a inteligência e a operação.

Como a Uppertools pode te ajudar?

A Uppertools, especialista em soluções ERP de alta qualidade, conta com profissionais capacitados para entender e auxiliar todas as demandas das companhias, independentemente do setor de atuação. Parceira da SAP no Brasil, a
empresa fornece o SAP B1 e é a fabricante dos produtos certificados BR One.

Nosso time de profissionais está preparado para auxiliar todas as empresas a alcançarem a transformação digital e, assim, colher ainda mais resultados positivos, aumentar a inteligência, gerenciamento de dados e, assim, conquistar mais destaque no setor.

Conheça mais sobre a Uppertools e as soluções SAP B1 e BR One em:
https://www.uppertools.com.br/