Dificuldades das pequenas e médias empresas em seu primeiro ano

Os Benefícios do Marketing Digital para Pequenas e Médias Empresas
22 de março de 2014
Sustentabilidade: as ações nas pequenas e médias empresas
24 de março de 2014

dificuldade empresa

O primeiro ano é fundamental para a consolidação de uma PME, no entanto, muitos empreendedores colocam os negócios em perigo por atitudes precipitadas perante o mercado.

Primeiramente, para iniciar um empreendimento é necessária a concepção de um plano de negócios que explore todo o cenário atual do segmento no qual pretende atuar, mas muitos profissionais não realizam esta fase antes de começar.

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o índice de sobrevivência de PMEs em até dois anos é de 75,6%, um índice até positivo gerado pelas melhorias em leis e tributos para microempresas.

No entanto, ainda segundo a instituição, o fator crucial que não sustenta as empresas é a dificuldade encontrada no acesso ao mercado, principalmente, nos quesitos propaganda inadequada, formação imprópria dos preços dos produtos/serviços, informações de mercado e logística deficiente – tudo isso caracterizado pela falta de planejamento dos empresários.

As dificuldades acima são fatais para um empreendedor, pois são com as características citadas que poderá trabalhar seu público e injetar investimentos futuros ao negócio sem prejudicar o crescimento da empresa.

Isso acontece devido ao despreparo dos empresários. Para melhorar esta situação o Sebrae indica que todos empreendedores façam cursos de micro empreendedorismo para evitar equívocos e, consequentemente, a falência de seus negócios.

Fonte: http://blog.catho.com.br/empresa/dificuldades-das-pequenas-e-medias-empresas-em-seu-primeiro-ano/

Melhore sua Gestão Financeira com o SAP Business One!
Gerencie a Contabilidade, o Fluxo de Caixa e as Transações Bancárias

Software SAP pode ajudar você a: Permitir agilidade para acompanhar as alterações nos negócios, tanto localmente quanto em outras regiões. Harmonizar, padronizar e automatizar as operações financeiras e usar serviços financeiros distribuídos. Reduzir os ciclos de caixa e possibilitar transparência total no ciclo de caixa a caixa.

Clique aqui e obtenha mais informações.