Saiba como tornar a sua gestão estratégica em 7 passos

Entenda os 4 principais gargalos logísticos no Brasil
15 de novembro de 2018
Gestão de qualidade: 6 dicas para mantê-la após crescer
21 de novembro de 2018
gestao estrategica

A gestão estratégica deve ser pensada como a ferramenta que irá garantir a competitividade da empresa. O mercado atual está a cada dia mais competitivo, portanto a gestão estratégica é fundamental para se destacar.

Os gestores têm um papel fundamental nesse momento. Sabemos que manter a gestão estratégica de forma contínua é um dos maiores desafios enfrentados por eles. Para se tornar um executivo de sucesso, é preciso que o gestor comece a entender como tornar a gestão estratégica sua aliada no desenvolvimento da empresa.

Primeiramente, devemos esclarecer que a gestão estratégica se trata de uma série de táticas que são interligadas e que devem ser utilizadas de forma permanente. Essas táticas são as ferramentas que serão usadas para ajudar a melhorar as estratégias e, claro, os resultados da empresa.

Para ajudar, listaremos 7 importantes pontos desse ciclo para sua gestão estratégica.

Faça o diagnóstico estratégico

Primeiramente, você precisa saber pontualmente qual o estado atual da empresa e também do setor que ela faz parte. Através do diagnóstico, você saberá a fundo como a empresa encontra-se atualmente. Logo, saberá quais áreas deverão ser trabalhadas com a gestão estratégica.

Para o diagnóstico completo, você deve relacionar:

  • Toda a estrutura interna da empresa.
  • O relatório completo de seu potencial de crescimento.
  • A análise da sua concorrência.
  • Dados importantes do mercado atual.

Para ajudar no diagnóstico, você pode usar ferramentas como a Matriz SWOT por exemplo. Através dos dados, você poderá traçar as estratégias ao ter as informações de Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças (Strengths, weaknesses, opportunities e threats) do negócio para podermos, então, traçar as estratégias.

Defina os objetivos

Se você não souber para onde deseja ir, não saberá quais caminhos deve tornar. Portanto, não poderá realizar a gestão estratégica. Neste estágio suas metas e objetivos devem ser planejadas.

Você deve definir “Onde” deseja chegar e “Quando” deseja chegar. É comum que os objetivos sejam definidos de forma vaga ou muito fantasiosa.

Por isso, é importante que seja dado um passo de cada vez, com prazos estabelecidos, sendo honesto com os limites que a empresa possui. Não adianta traçar um objetivo que está fora do alcance da empresa no momento.

O planejamento do futuro da empresa é permanente e você poderá sempre rever os objetivos após o prazo estabelecido.

Faça o planejamento da estratégia

Depois que você definiu “Onde” deseja chegar e “Quando” pretende chegar, deve planejar “Como” você irá atingir os objetivos que foram definidos.

Para a gestão estratégica eficiente, é importante que suas estratégias sejam fundamentadas a partir do diagnóstico da empresa realizado anteriormente a este passo.

Um desafio que as empresas enfrentam é o de realizar o planejamento estratégico adequado a realidade das necessidades da empresa. Algumas vezes, as estratégias são definidas no escuro, o que pode resultar na perda de tempo e de recursos.

Não existe gestão estratégica onde existe desperdício de recursos e de tempo da empresa. Por isso, toda estratégia deve ser planejada da forma mais otimizada possível.

Otimize a gestão

A melhor forma de otimizar a gestão de um negócio é utilizando sistemas de ERP.

Os sistemas de ERP são software responsáveis por todo gerenciamento das informações do negócio. Ele é responsável por reunir os processos administrativos e operacionais da empresa em um único lugar. Seu objetivo é realmente esse: centralizar informações e otimizar processos.

Esta ferramenta irá auxiliar na tomada de decisão da empresa pois ela proporciona a visualização completa do desempenho da organização, facilitando o cruzamento de dados.

Outras vantagens dos sistemas de ERP são a redução das despesas e extinção do trabalho manual, o que reflete diretamente na otimização do tempo de trabalho. Com a padronização e uniformidade dos processos, os erros também irão diminuir

Para o gestor, isso resultará em um alívio de carga e ele poderá focar em outras necessidades de acompanhamento da empresa, o que fará completa diferença para colaboração com o crescimento da empresa.

Alinhe a equipe

A equipe é quem dará moldes aos processos da empresa, portanto, ela deve estar alinhada aos objetivos da empresa.

Alinhar a equipe com os objetivos da empresa é um desafio para muitos gestores e a comunicação eficaz será necessária para que todos possam se comprometer a realizar as ações estratégicas definidas pela empresa.

Vale lembrar que os colaboradores estão em contato direto com todos os processos da empresa, portanto, possuem informações importantes sobre o desempenho da empresa.

Feedbacks constantes dos colaboradores irão garantir que a empresa esteja completamente alinhada com seus objetivos.

Você também não pode esperar que a equipe entregue um resultado sem que ofereça recursos e ferramentas que possibilitem que os colaboradores o façam.

A gestão estratégica deve ser percebida por todos, colaboradores e gestores, como uma ferramenta de crescimento constante da empresa e desenvolvimento de melhorias.

Além dos Feedbacks, algumas métricas são necessárias para uma gestão mais estratégica.

Busque métricas

Para manter o ciclo da gestão estratégica funcionando plenamente, você deverá estabelecer métricas para medir o desempenho alcançado com a estratégia que foi estabelecida. De acordo com o prazo estabelecido em seus objetivos, é importante que analise os resultados de alguma forma.

Apenas com as métricas, a empresa saberá se as estratégias traçadas foram eficazes para alcançar os objetivos esperados. Existem diversas formas de cruzamento de dados para os principais indicadores de sucesso. A escolha do indicador será baseada nas metas e objetivos que foram determinados anteriormente.

Mantenha o ciclo da gestão estratégica

As empresas costumam não dar continuidade aos métodos que foram definidos. É importante lembrar que todo processo faz parte de um ciclo permanente, que deve estar sempre sendo acompanhado.

O ciclo da gestão estratégica usará sempre as métricas para realizar o diagnóstico estratégico e, a partir do diagnóstico, saberá se deve mudar a estratégia.

Sendo assim, além de entregar a análise constante da performance estratégica da empresa, a gestão estratégica une em seu ciclo o desenvolvimento da estratégia e sua prática de forma satisfatória.

A gestão estratégica tornará mais fácil a otimização dos processos tecnologicamente, usando sistemas de gestão por exemplo. Quer saber como começar? Então baixe nosso Guia prático para implantar um ERP nas PMEs agora mesmo!