Informações e Contatos

  • Av. Antonio Carlos Comitre, 525 - 8° Andar - Ed. Crystal Plaza
    Campolim - Sorocaba/SP - Brasil
  • contato@uppertools.com.br
  • +55 (15) 3519-3535
  • +55 (15) 98174-1763

Siga a gente

Blog

Como implementar a programação de produção na indústria?

Vez ou outra estamos aqui abordando a importância do planejamento, da gestão e controle de todos os processos de uma empresa. Hoje, vamos falar sobre programação de produção, conhecido também como Planejamento e Controle da Produção (PCP).

Em sua empresa, vocês sabem como implementar as etapas do PCP? Neste artigo, vamos explicar e esclarecer todas as possíveis dúvidas. Acompanhe!

 

O que é Planejamento e Controle da Produção (PCP)?

Antes de nos aprofundarmos no tema deste artigo, precisamos contextualizar o que é o Planejamento e Controle da Produção (PCP). Trata-se de um processo utilizado para gerenciar os recursos operacionais da empresa. A gestão de recursos, podemos entender como recursos humanos, ou seja, as competências e habilidades dos colaboradores que fazem parte da organização; e os materiais, todos os recursos físicos que a empresa utiliza para se manter ativa e alcançar seus objetivos.

Por meio do PCP, as organizações conseguem planejar o tempo de fabricação dos produtos comercializados, definir quantidades a serem produzidas, o local para elaboração das peças e, consequentemente, determinar a quantidade de matéria-prima e a ordem exata de produção.

Como podemos ver, a programação de produção é extremamente importante dentro de uma empresa, uma vez que ajuda a garantir os componentes necessários para a produção de itens com mais qualidade e sempre de acordo com o planejado. Sem esse planejamento, o controle da sua produção e organização corre o risco iminente de perder o desempenho e qualidade, prejudicando sua competitividade e reputação no mercado.

 

Objetivos do PCP na cadeia produtiva

De forma sucinta, os objetivos do PCP é garantir a continuidade das etapas envolvidas no processo produtivo e monitorar pessoas, processos e máquinas, a fim de comprovar sua eficiência em prol do produto final. Ou seja, a programação de produção zela pelo alcance ideal do resultado, antes que ele siga para o estoque/vendas.

Porém, temos também 4 objetivos específicos do PCP que abordaremos a seguir:

1. Programar o processo produtivo – pode parecer redundante trazer esse ponto como um objetivo específico, mas esta etapa diz respeito às quantidades dos produtos a serem feitos. Produzir mais do que a média de vendas pode ser prejudicial ao seu fluxo de caixa. Além disso, um bom planejamento prevê os prazos de produção. Isso possibilita que a cadeia produtiva supra a sazonalidade de vendas.

2. Calibrar e recarregar o maquinário – este objetivo está diretamente ligado aos equipamentos envolvidos na produção. Neste ponto, o PCP deve definir questões, como:

• Quantidade de insumos.

• Pessoas responsáveis para garantir a continuidade do processo.

• Descrição das atividades de cada profissional.

3. Estabelecer prioridades da produção – definir um padrão para a sequência das etapas do processo de produção e transformação da matéria-prima ao produto final é muito importante, para que a empresa tenha registros da ordem em que cada procedimento acontece. Além disso, a continuidade de um padrão de um produto está diretamente ligada à satisfação do cliente.

4. Monitoramento da cadeia produtiva – o último objetivo específico resume-se a fiscalizar, garantir a qualidade, cronometrar as etapas e monitorar o acabamento final dos produtos. Todas estas fases comprovam se as máquinas e as pessoas estão cumprindo seu papel com eficiência.

Para que todos estes objetivos sejam atingidos, é muito importante que sejam seguidas algumas etapas do PCP. Veja a seguir!

 

Etapas da programação de produção

Sabendo o que é e quais são os objetivos da programação de produção, chegou a hora de conhecer as suas etapas e descobrir como implantá-las em sua empresa.

1. Previsão de demanda – com base nos números de vendas anteriores e no comportamento do consumidor, a empresa faz uma estimativa de quantos produtos ela precisa produzir no futuro. Comece analisando os relatórios de vendas dos últimos anos, verifique a sazonalidade de vendas e estude o comportamento do seu público.

2. Conheça a sua capacidade de produção – de nada adianta assumir uma demanda maior do que você consegue dar conta. Então, esta etapa consiste, justamente, em reconhecer a capacidade produtiva de sua empresa.

3. Planejamento Agregado de Produção (PAP) – um documento que vai ajudar você no gerenciamento de todo o processo produtivo. Os principais objetivos do PAP são: aumentar a receita, aprimorar o atendimento ao cliente, reduzir custos de produção e diminuir o investimento em estoques. Existem algumas etapas dentro desse planejamento. São elas:

• Determinar a demanda de produção para cada período.

• Estabelecer a capacidade produtiva por período.

• Definir os processos com base nas políticas da empresa.

• Calcular os custos unitários por produto.

• Desenvolver estratégias para reduzir custos de produção

4.  Plano Mestre de Produção (PMP) – um documento que vai listar todos os produtos de sua empresa em um curto período de tempo. Muito utilizado para definir as prioridades de produção, definir prazos e estabelecer estratégias de otimização da capacidade produtiva.

5. Programação Detalhada de Produção (PDP) – consiste em programar os processos produtivos. Planejar e controlar o estoque, definir a sequência de produção, emitir ordens de serviço e liberar os recursos quando disponíveis.

6. Controle de produção – é a etapa na qual são feitas as análises de eficiência, comparativo de produção realizada com o planejamento e registro de possíveis imprevistos que podem prejudicar o alcance das metas.

Como vimos, o processo é longo e repleto de detalhes. Já pensou se um sistema fizesse boa parte desse processo por você? A Uppertools pode te ajudar com isso.

 

Como a Uppertools pode ajudar a sua empresa?

A Uppertools é especialista em soluções ERP (sistemas de gestão avançada e de alta performance) e conta com profissionais capacitados para entender e auxiliar todas as demandas das indústrias. Somos parceiros da SAP no Brasil e nosso time está pronto para entender e solucionar qualquer desafio para a melhor gestão das empresas.

Entre em contato conosco, garanta o auxílio que uma solução integrada pode oferecer a sua empresa e faça com que os resultados positivos sejam colhidos com ainda mais frequência, inteligência e agilidade.

 Conecte-se com o time da Uppertools.