7 estratégias de captação de clientes para alavancar vendas

gestão empresarial
Gestão de desempenho automatizada: o que é e quais as vantagens?
27 de setembro de 2018
Alocação de recursos: como diminuir os desafios?
9 de outubro de 2018
alavancar vendas

Fazer a prospecção e captação de clientes é um processo bastante complicado para algumas empresas. Com a concorrência cada vez mais ampla e acirrada no mercado, é fundamental ter uma estratégia bem definida e mostrar todo o potencial da sua empresa de maneira sistemática e ordenada.

Essa pode parecer uma tarefa complexa em um primeiro momento. No entanto, gerentes de vendas, diretores comerciais e demais profissionais que atuam na área podem melhorar significativamente seus resultados com capacitação e treinamento adequados, atraindo novos clientes e fidelizando os antigos.

Além disso, com as dicas certas, seu negócio pode alcançar resultados altamente satisfatórios. Por isso, confira no post de hoje 7 estratégias de captação de clientes para alavancar suas vendas!

1. Definir o perfil do seu público-alvo

Seu empreendimento deseja aumentar as vendas e os resultados, não é verdade? Entretanto, isso não é para qualquer consumidor, mas sim para quem tem interesse e condições financeiras de adquirir o que você tem a oferecer.

Então, antes de começar, faça uma pesquisa sobre o seu público-alvo, para segmentá-lo corretamente. Dessa forma, você consegue traçar melhores estratégias de prospecção e captação de clientes, de maneira estratégica e certeira, contribuindo para gerar leads qualificados e prontos para o processo de compra.

Planejamento estratégico faz toda a diferença para o sucesso do empreendimento!

2. Investir em uma boa divulgação

Independentemente do segmento ou área de atuação da empresa, ela pode se beneficiar bastante com a divulgação de conteúdos relevantes nas redes sociais, como LinkedIn, Facebook, Instagram e Twitter.

Atualmente, as pessoas vivem conectadas e, se o seu perfil é interessante e constantemente alimentado com materiais ricos e de qualidade, a tendência é conseguir alcançar mais pessoas e elevar a captação de clientes.

Caso você seja um empreendedor que não tenha tempo para investir no marketing, pode fazer campanhas e promoções impactantes. Esse tipo de interação é muito importante tanto para o seu público-alvo como para o próprio cliente, pois traz maior engajamento, melhora a imagem da marca frente ao mercado e ajuda na captação de novos leads.

3. Manter o cadastro de clientes sempre atualizado

Muitas vezes esse é um item deixado de lado pelas organizações, o que é um grande erro. Afinal, trata-se de um fator fundamental para ampliar as vendas do seu negócio. Trabalhar com um banco de dados atualizado é importante, já que os consumidores são a força vital do negócio.

O cadastro de clientes atualizado é fundamental para identificar tendências, aumentar o índice de fidelização, melhorar a comunicação e a experiência de seus usuários. Com suas informações em mãos, é possível mantê-los informados sobre produtos e serviços, receber feedbacks dos compradores e saber quais são seus melhores clientes.

Além disso, é uma ferramenta essencial para saber quais pessoas compram em maiores quantidades, qual a frequência das aquisições, entre outros dados, para dar atenção a esse público e oferecer promoções e descontos nos períodos de maior consumo e aquisições.

4. Saber ouvir o cliente

Ouvir o que o consumidor tem a dizer, aceitar suas ideias, reclamações e sugestões é um desafio para muitas companhias. Afinal, trata-se de uma situação corriqueira em muitas empresas. Por isso, muitas vezes não recebe a devida atenção por parte dos responsáveis pelos setores de vendas e marketing.

Para iniciar uma verdadeira mudança e transformar vulnerabilidades em oportunidades, é preciso compreender que um problema isolado muitas vezes é uma pequena amostra de um problema generalizado.

E nenhuma marca quer ser conhecida por isso. Justamente por esse motivo, é crucial ouvir seus clientes, atender suas demandas e solucionar problemas, evitando que eles se transformem em uma bola de neve, principalmente a médio e longo prazo.

5. Fazer parcerias comerciais

Fornecedores de serviços e materiais podem indicar clientes para a sua empresa e vice-versa. Se você conhece um amigo ou parceiro comercial que atua no mesmo ramo, é hora de unir forças. Quando o consumidor precisar de um produto/serviço complementar, basta que um negócio faça a indicação do outro. Assim, os dois lados ganham.

Não importa em qual área você atua ou quantos concorrentes têm. A verdade é que se pode ganhar muito mais com parcerias comerciais inteligentes do que se preocupar constantemente em ser o melhor.

Além do mais, o que vai diferenciar sua empresa das demais é a forma como suas atividades são realizadas, sua transparência com o público-alvo, a perspicácia e a estratégia do setor de marketing para fortalecer a imagem da marca.

6. Montar uma equipe dedicada à prospecção e captação de clientes

Para que essas atividades sejam executadas com sucesso e tragam resultados a médio e longo prazo, deve-se trabalhar com um time dedicado exclusivamente a essa atividade. Dessa forma, é possível alinhar as necessidades e expectativas da organização com as demandas do mercado e de seu público-alvo.

Uma equipe de vendas capacitada e voltada para as estratégias de venda é capaz de fechar novos negócios e bater as metas com sucesso. Por isso, é fundamental que o empreendedor monte um bom time, para prospectar clientes de forma promissora e voltada para fidelizar clientes, trazendo maior valor para sua marca e vantagem competitiva em relação à concorrência.

7. Investir em técnicas de marketing para a captação de clientes

Com o passar do tempo, as técnicas de negociação e vendas vão se aprimorando e modernizando, de modo a trazer resultados cada vez mais positivos e relevantes para a organização, tornando-a mais representativa e atuante no mercado. Uma delas é o inbound marketing. Com esse conceito, não é mais a empresa que investe pesado em marketing para todos os públicos.

Agora, ela segmenta o público e o atrai com produtos e serviços relevantes para ele, de forma mais específica, convertendo-o em leads para, posteriormente, fechar negócio, de maneira mais natural e que tenha como objetivo principal aprimorar a experiência do cliente.

É importante que o empresário tenha em mente que a prospecção e a captação de clientes é algo estratégico para o negócio e só tem chances de ter sucesso e alcançar as metas da empresa quando realizado com business intelligence. Para não ficar para trás, siga os passos acima e veja os resultados positivos tanto para a imagem da marca quanto financeiros!

Gostou do nosso artigo de hoje? Então baixe agora mesmo o E-book “CRM e SAP Business One: O processo de vendas nas suas mãos”.