Aprenda a desenvolver a cultura da inovação em sua empresa

Gerenciamento de estoque: qual a sua relação com o lucro da empresa?
7 de novembro de 2018
4 conceitos de negócios básicos
13 de novembro de 2018

Criar uma cultura da inovação tem sido um objetivo frequente de empresas, de diversos portes, nos últimos anos. Com a necessidade de acompanhar o avanço tecnológico e atender aos anseios do consumidor moderno, os empreendimentos passaram a favorecer o surgimento de ideias que tragam melhorias para os negócios.

Nesse contexto, a cultura da inovação pode ser definida como um conjunto de técnicas, saberes, ambientes, valores e comportamentos presentes no dia a dia de uma organização. Se você também tem interesse em manter a sua empresa na vanguarda das inovações, confira as dicas apresentadas no post de hoje. Acompanhe!

Diferencie novidade e inovação

Muitas pessoas acreditam que a cultura da inovação está relacionada somente com novidades e com as criações de inventores “excêntricos”. Porém, invenção e inovação não podem ser consideradas a mesma coisa.

Enquanto a invenção não é reproduzida em grande quantidade e tem a ver somente com novidades, em alguns casos até patenteadas, a inovação se caracteriza por ser adotada em larga escala nos processos produtivos de uma organização.

Vale lembrar também que a inovação não ocorre apenas com produtos, mas também com serviços, processos e até modelos de negócio. Por vezes, a criação adotada em larga escala não se trata de algo “disruptivo” ou revolucionário, mas sim de um aperfeiçoamento do que já existe.

Promova a cultura da inovação

A maior parte das empresas possui uma cultura organizacional, formada a partir da missão, da visão e dos valores da empresa mais o comportamento dos colaboradores. Mesmo que não seja institucionalizada, a cultura da organização existe.

Assim como o negócio pode moldar a própria cultura organizacional, ele também pode promover a cultura da inovação. Mas como colocar isso em prática? Um passo importante é criar condições para essa cultura floresça na empresa.

Criar meios para promover a inovação, como canais para captação de sugestões de melhoria dos próprios funcionários e também dos clientes, realizar eventos propícios para brainstorming (“tempestade de ideias”, em português), ter um banco de dados para registrar e acompanhar os aperfeiçoamentos sugeridos, construir ambientes que favoreçam a criatividade. Tudo isso pode ajudar a promover a cultura da inovação.

Invista em pesquisa e desenvolvimento

Não basta colher sugestões de melhorias, se a empresa não tem condições de executá-las. Só dessa forma é possível testar as ideias captadas e ter a certeza de que elas podem ser usadas em larga escala. A vantagem de um departamento de pesquisa e desenvolvimento (P&D) é que ele é uma área institucionalizada na empresa, responsável por cuidar e impulsionar inovações.

Tenha cuidado com a autossabotagem

Muitas vezes um colaborador tem uma ideia fantástica, que pode impactar positivamente a atuação da empresa, mas que é “sabotada” internamente. Vários podem ser os motivos para que isso ocorra, desde medo da mudança até proteção de cargos por alguns profissionais. Por causa desses tipos de comportamentos, não é raro o colaborador que teve a ideia sair da organização e abrir o seu próprio negócio para executar a ideia.

Por isso, saber ouvir as sugestões de melhoria, dar retorno para os colaboradores a respeito do acompanhamento da ideia e, se possível, até algum benefício pela inovação formada podem ser maneiras de a empresa ter uma política efetiva de apoio à inovação.

Desenvolva métricas de desempenho

Para que a cultura da inovação se desenvolva de fato na organização e as ideias de melhoria não se restrinjam a projetos isolados, é recomendável que a empresa tenha métricas de desempenho relativas à política de inovação.

O negócio pode medir desde o número de ideias captadas até o efetivo resultado das sugestões testadas. Para tanto, pode se utilizar metodologias específicas para esse tipo de trabalho, como a Six Sigma, que serve para promover melhorias nas empresas.

E você, promove a cultura da inovação no seu negócio? Conte sua experiência aqui nos comentários e participe da nossa conversa!