Informações e Contatos

  • Av. Antonio Carlos Comitre, 525 - 8° Andar - Ed. Crystal Plaza
    Campolim - Sorocaba/SP - Brasil
  • contato@uppertools.com.br
  • +55 (15) 3519-3535
  • +55 (15) 98174-1763

Siga a gente

Blog

Como o ERP ajudará a indústria de bens de consumo no pós-pandemia

No artigo, vamos abordar alguns aspectos tecnológicos que envolvem a indústria dos bens de consumo, sua cadeia de suprimentos e os impactos na transformação digital que a pandemia do coronavírus causou em todos os setores. Mas antes, é necessário entender o atual contexto.

A economia do país gira em torno de alguns segmentos da indústria. Os mais conhecidos são o setor da indústria química considerado “a indústria das indústrias”, um dos mais amplos, presente em quase todas as outras áreas, e que teve um crescimento exponencial durante o período da pandemia – e a indústria dos bens de consumo, que transforma toda matéria-prima em produto para o uso diário da população.

Continue a leitura e entenda o que representa a indústria dos bens de consumo, quais são as prioridades deste setor e seus desafios diante da transformação digital. Acompanhe!

O que é a indústria dos bens de consumo

A indústria dos bens de consumo, como o próprio nome indica, é voltada para o consumidor (entenda-se indivíduos e famílias, ou seja, pessoas que compram o produto para sua utilização e pronto consumo). Fazem parte desse setor as empresas que atuam com eletrônicos, automóveis, bebidas, vestuário, alimentos e outros.

Em sua ampla gama de produtos, essa indústria produz materiais dos mais variados tipos, que podem ser considerados itens de primeira necessidade, como é o caso de alimentos e, em alguns casos, vestuário, e itens rotulados como artigos de luxo, a exemplo dos automóveis.

Geralmente, o crescimento desta indústria acontece de maneira quase simultânea ao aquecimento da economia do país e do mundo, pois quanto maior for a demanda por consumo, mais se investe no desenvolvimento de produtos para o cliente final. Ou seja, seu crescimento está diretamente relacionado ao comportamento do consumidor.

A indústria de bens de consumo tem um papel muito importante para o setor industrial do país. O setor industrial representa 20,4% do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil, 69,2% das exportações de bens e serviços, e para cada R$ 1,00 produzido pela indústria, são gerados R$ 2,53 na economia do país, segundo dados de agosto de 2021.

Fazendo um recorte do setor, falando em indústria da transformação, categoria a qual pertence a indústria dos bens de consumo, ela representa 11,3% do PIB e 48,5% das exportações. E mais: é quem paga os melhores salários e é responsável por empregar 6,8 milhões de trabalhadores.

Desafios da Indústria dos bens de consumo frente à transformação digital

Logo no início do século XXI, a internet causou um grande impacto na indústria dos bens de consumo. Com o avanço constante da tecnologia, a comercialização, distribuição e fabricação passaram por uma adaptação envolvendo os profissionais em um processo de atualização e aprendizado constantes.

Hoje, para sobreviver no mercado em meio a tanta competitividade, as empresas precisam saber utilizar a publicidade para se destacar, pois ela é importante para o sucesso ou fracasso da indústria dos bens de consumo, que depende do comportamento do consumidor. Por essa razão, boa parte dos investimentos das companhias é direcionada para o desenvolvimento de inovações que chamem a atenção deste consumidor.

O período da pandemia só reforça a afirmativa de que tudo depende do comportamento do consumidor. Nesse período o crescimento do comércio digital se acelerou, principalmente no que diz respeito ao varejo e produtos de consumo. No primeiro semestre de 2021, o e-commerce bateu recordes de vendas e atingiu a casa dos R$ 50 bilhões de faturamento, um crescimento de 31% em relação ao mesmo período de 2020.

Gerenciar a cadeia de suprimentos deve ser prioridade para a indústria

Para se obter bons resultados, em qualquer setor de atuação, alguns pontos devem ter mais atenção. Nesse contexto, vamos abordar brevemente algumas ações que devem ser prioridade para a indústria de bens de consumo.

  • Planejamento – saiba exatamente o que fazer, como fazer e por que fazer, com base em um bom planejamento.
  • Organização – mantenha um histórico organizado com informações completas e reais.
  • Gerenciamento – em posse das informações necessárias e metas estabelecidas, é hora de colocar em prática o planejamento, gerenciando cada etapa.
  • Execução – como no ponto anterior, é hora de executar o que foi planejado.
  • Controle – esteja a par de todos os processos e acompanhe a produtividade, manutenções necessárias, estoque, entregas.
  • Monitoramento – realize auditorias periódicas.
  • Coordenação – seja parceiro de sua equipe. Esteja em sintonia com eles e acompanhe passo a passo, direcionando-os ao melhor resultado possível.

O gerenciamento da cadeia de suprimentos, quando executado de perto, é capaz de proporcionar uma elevação no nível de satisfação dos clientes. Hoje em dia, existem tecnologias, como o sistema ERP, que realizam esse tipo de atividade de forma mais automatizada.

As soluções ERP da Uppertools podem ajudar a sua empresa

A Uppertools é especialista em soluções ERP, sistema de gestão de alta qualidade, e conta com profissionais capacitados para entender e auxiliar todas as demandas das indústrias. Parceira da SAP no Brasil, a empresa fornece o SAP Business One (SAP B1) e é a fabricante da suíte certificada BR One.

Nosso time de profissionais está preparado para auxiliar a sua empresa no gerenciamento de gestão, trazendo inteligência estratégica aos processos e toda nossa expertise para elevar os resultados da sua empresa. 

Conheça mais sobre a Uppertools.