7 passos primordiais para migrar o SAP Business One para a nuvem

SAP Business One: entenda como ele exponencia os resultados da empresa
25 de novembro de 2019
Desafios da Transformação Digital
Quais são os 3 desafios da transformação digital e como superá-los?
23 de janeiro de 2020
sap business one na nuvem

A modernização de processos na gestão empresarial é uma importante consequência da competitividade no mundo dos negócios. Nesse cenário, a agilidade no processamento de dados é um componente indispensável para aprimorar o desempenho de pequenas e grandes empresas.

Por isso, a aplicação do cloud computing é cada vez maior dentro das organizações, sendo o uso do SAP Business One na nuvem uma forte tendência para o crescimento.

Embora o processo de transferência seja extremamente vantajoso do ponto de vista financeiro — por conta da redução com gastos em infraestrutura e operação —, é preciso estar atento aos desafios dessa tarefa. Em outras palavras, é indispensável avaliar os riscos com a segurança dos dados, os custos com possíveis melhorias na infraestrutura de hardwares, entre outros.

Para ajudar você em um projeto de migração do SAP Business One para o sistema em nuvem, apresentaremos, a seguir, 7 excelentes dicas de como realizar esse processo de forma eficiente. Boa leitura!

1. Estabeleça um objetivo claro

O SAP Business One na nuvem é uma alternativa muito interessante para quem está buscando um diferencial competitivo. Isso, porque, além de reduzir os custos com grandes estruturas de TI, ele permite uma gestão simples e segura, gerando resultados positivos no desempenho do sistema e, consequentemente, maior confiabilidade nos seus usuários.

Entretanto, é muito importante avaliar com cuidado a necessidade que o seu negócio tem desses benefícios. Ou seja, antes de tomar uma decisão definitiva, pense sobre aquilo que deseja obter com esse tipo de sistema e formalize o seu objetivo com a contratação desse serviço. Dessa forma, é possível estabelecer uma estratégia eficiente, determinando quais metas deverão ser atingidas com a mudança para a nuvem.

2. Defina quais dados serão migrados

Após estabelecer o objetivo com a migração, é hora de investigar os processos e necessidades da sua empresa. Nesse momento, é preciso conhecer bem o seu negócio, para identificar quais informações serão transmitidas para o sistema em nuvem e quais deverão permanecer no disco rígido.

Vale lembrar que uma aplicação que exige desempenho superior pode ter seu acesso comprometido em função da velocidade da internet, por exemplo, e eleger com cuidado os dados que serão transmitidos para o cloud pode minimizar esse tipo de problema.

3. Verifique a compatibilidade com a nuvem

Para realizar a transição de SAP Business One para a nuvem sem maiores dores de cabeça, é preciso verificar a compatibilidade dos softwares utilizados com aqueles que estão disponíveis na cloud. Em alguns casos, o sistema SAP, software, banco de dados ou sistema operacional podem não ser compatíveis com a nuvem, gerando imprevistos.

Por isso, é importante monitorar o desempenho das aplicações, de modo a determinar quais intervenções serão necessárias, como a utilização de outro cloud ou reformulação do serviço. É importante destacar que a flexibilidade do sistema e a agilidade no processamento de dados são características indispensáveis e, portanto, devem ser priorizadas.

4. Invista em proteção extra

Com o aumento de crimes cibernéticos, é fundamental implementar soluções que tenham por objetivo proteger as informações que são confidenciais para o seu negócio. Sendo assim, sempre que possível, contrate um programa de segurança proativa e que funcione em tempo real.

Todas as ferramentas tecnológicas estão sujeitas a sofrer ameaças. Por isso, a segurança é um fator muito importante na transmissão de dados e deve ser uma preocupação durante a migração para a nuvem. Assim, serviços extras, como criptografias, backups, firewalls e Identity Access Management (IAM), não devem ser ignorados.

5. Defina o tamanho e o local certo

Em linhas gerais, o sistema em nuvem disponibiliza vários tipos de serviço de armazenamento, com capacidade distinta. Nesse caso, para definir qual tamanho será suficiente para o seu sistema, será preciso identificar o número de usuários, banco de dados e demais recursos utilizados. Uma dica útil é aplicar a média atual levando em consideração a capacidade necessária para expandir futuramente.

Outro ponto importante é a definição do local em que os servidores em nuvem estarão instalados. Nessa modalidade, é muito comum que os softwares estejam em diversas partes do mundo, como América do Norte, Europa e Ásia. Nesse sentido, o mais indicado é definir a localidade com menor custo da rede de longa distância — e que seja apropriada a seu sistema antes de migrar para a nuvem.

6. Faça uma limpeza dos dados inconsistentes e corrompidos

A gestão da informação é um aspecto muito importante para superar os desafios encontrados pelas organizações na atualidade. Assim, para que as informações sejam analisadas de forma rápida e com maior precisão, deve ser realizada uma limpeza profunda no sistema, eliminando todos os dados inconsistentes e corrompidos, bem como arquivos ilegíveis e demais informações não utilizadas.

Esse procedimento poderá tornar o processo de migração ainda mais simples e potencializar o crescimento saudável do seu negócio.

7. Promova diversos testes

Garantir o período de testes é um passo muito importante para determinar qual sistema de nuvem é, de fato, mais adequado às necessidades da sua empresa. Nesse momento, o acompanhamento de um profissional qualificado pode ser extremamente útil, já que será necessário realizar a avaliação do desempenho do sistema. Além disso, ele terá a possibilidade de identificar falhas e promover respostas rápidas para corrigir esses problemas.

Concluindo, o SAP Business One na nuvem é uma forma eficiente de promover uma transformação dentro da sua empresa. Antes de realizar a transição, porém, é fundamental definir as metodologias e objetivos, para que os setores trabalhem em sintonia com as metas em comum.

Portanto, investir nesse tipo de tecnologia é essencial para tornar o ambiente organizacional mais eficiente e produtivo, melhorando a capacidade de atuar de forma competitiva em diversos cenários. Não perca mais tempo e encontre agora mesmo a tecnologia ideal para transformar a forma como o seu negócio é gerido.

O que achou do nosso conteúdo? Deseja saber mais a respeito do assunto? Agende uma reunião e deixe a Uppertools te ajudar!