4 dicas para utilizar a tecnologia na gestão da sua empresa

Sefaz-SP retirará emissor gratuito de NF-e do ar a partir de 2017
29 de junho de 2016
Uppertools agora é certificada pelo Programa de Qualidade da SAP
1 de julho de 2016

O uso da tecnologia já não é mais novidade no mundo empresarial — e, atualmente, torna-se cada vez mais necessário nos diferentes aspectos de gestão de uma empresa, independentemente de seu porte.

Pensando nisso, no post de hoje, apresentamos quatro dicas para você utilizar a tecnologia na gestão da sua empresa, aproveitando-se de diferentes canais de comunicação e cooperação, otimizando processos, integrando áreas e diminuindo custos. Vamos lá?

Compreenda o cenário da hiperconectividade

Além da rapidez das mudanças, o acesso à informação é cada vez melhor e mais diversificado. Mas será que sua empresa está preparada para lidar com isso?

A hiperconectividade pode ser extremamente benéfica para os negócios, já que sua empresa pode ser divulgada e conhecida em diferentes meios ao mesmo tempo e, também, em diferentes lugares. Além disso, ela abre um leque de possibilidades junto a fornecedores e, até mesmo, a outros mercados — portanto, é preciso ficar ligado!

Utilize sistemas interligados

O uso de softwares ou soluções inteligentes e interligadas, que possibilitam a otimização de dados e que são conhecidos como Enterprise Resource Planning (ERP), podem ser o diferencial estratégico que sua empresa procura.

Entretanto, é preciso procurar empresas conceituadas no mercado — que, ao implementar o ERP, possam identificar os objetivos da empresa  de forma objetiva e clara, e adequar as soluções de acordo com as necessidades de seu negócio.

Busque soluções na hora dos tributos e obrigações acessórias

No Brasil, o envio e elaboração das obrigações acessórias é cada vez mais integrado e informatizado, utilizando informações de diferentes áreas da empresa. Assim, para que sua empresa possa ser competitiva e estar de acordo com a legislação fiscal, o uso de soluções na hora das declarações fiscais é essencial.

O Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), instituído no Brasil em 2007, também é outra questão importante e que utiliza a tecnologia a seu favor, tanto na elaboração quanto no envio das obrigações acessórias.

As obrigações trabalhistas, representadas pelo E-Social, também integram a revolução digital do SPED — e passaram a exigir das empresas a busca e o uso de soluções que possam garantir o máximo de eficiência no envio dessas informações para o governo.

Reduza os custos da sua empresa

Um bom ERP permite não apenas a integração e o envio de informações para diferentes áreas e órgãos relacionados a uma empresa, mas também a diminuição desses custos. Essas soluções podem auxiliar na geração eficiente de relatórios abrangentes, permitindo conhecer melhor como está a empresa, seus gastos e suas receitas.

Além disso, um ERP evita o desperdício de recursos financeiros e humanos, além de possibilitar o monitoramento e o aumento da produtividade e, também, a melhor gestão da empresa como um todo.

Viu só? Você pode usar a tecnologia de diferentes formas na sua empresa, explorando as possibilidades da hiperconectividade — passando pelo uso de sistemas interligados e de soluções que permitam a geração e o envio de obrigações contábeis, tributárias e trabalhistas e, assim, economizando na otimização de seus recursos.

E então, preparado para implementar a tecnologia na gestão de sua empresa? Tem outras dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário e entre para a conversa!